Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

David Braz minimiza discussão entre Vanderlei e Alison após derrota do Santos

Jogadores santistas se desentenderam durante o jogo que terminou com a vitória por 5 a 1 do Grêmio

Estadão Conteúdo

06 Maio 2018 | 22h18

A goleada de 5 a 1 sofrida para o Grêmio neste domingo, em Porto Alegre, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro, esquentou os ânimos dos jogadores do Santos. Pouco antes do apito final, o goleiro Vanderlei e o volante Alison ficaram cara a cara e discutiram feio.

+ Com show de Maicon, Grêmio arrasa o Santos e se reabilita no Brasileirão

+ Confira a tabela de classificação do Campeonato Brasileiro

+ Palmeiras bate o Atlético-PR fora de casa e sobe para 2º no Brasileirão

As câmeras flagraram Vanderlei cobrando Alison e, depois, sendo xingado pela cobrança. Os dois foram separados pelo zagueiro Lucas Veríssimo e saíram de campo sem dar entrevistas.

O zagueiro David Braz considerou a discussão normal em razão do inconformismo com a derrota. "Normal, por causa do resultado. Não jogamos bem, principalmente no segundo tempo. Às vezes acontece isso. Um fala, o outro não aceita. São grandes amigos. Até é bom, porque ninguém está contente", disse o zagueiro após a partida ao SporTV.

Quanto ao desempenho santista, Braz admitiu o rendimento abaixo da atuação gremista. No entanto, disse que a arbitragem ajudou a equipe da casa ao marcar a falta que originou o terceiro gol do Grêmio. Na sua avaliação, não houve infração na jogada.

"Tem o fator casa, o Grêmio se apresentando bem, jogando bem", reconheceu o zagueiro do Santos. "O árbitro deu uma ajuda. O gol do Maicon não foi falta. O André grita e ele marca. O Grêmio se animou com esse gol. Tentamos ir para cima e eles aproveitaram o contra-ataque."

O resultado negativo mantém o Santos, que tem um jogo a menos, com três pontos na competição nacional e o rebaixa para a 16ª posição, próximo da zona de rebaixamento. A equipe do técnico Jair Ventura volta a campo na próxima quinta-feira, para enfrentar o Luverdense na Vila Belmiro, pelo primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.