Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Yasuyoshi Chiba/AFP
Yasuyoshi Chiba/AFP

Diego aprova sua atuação, mas enaltece elenco após goleada do Flamengo

Meia marca golaço de falta e dá assistências para gols contra o San Lorenzo

Estadão Conteúdo

09 de março de 2017 | 00h22

Na reabertura do Maracanã e em sua estreia na Copa Libertadores, nesta quarta-feira, o Flamengo brilhou ao massacrar o San Lorenzo por 4 a 0. E, embora o desempenho coletivo da equipe tenha sido elogiável, sobretudo no segundo tempo, o grande destaque ficou por conta de Diego.

Após um primeiro tempo relativamente apagado, o meia despertou e marcou belo gol de falta logo aos três minutos da etapa final. Depois, com mais espaço, Diego ainda deu assistências para Trauco e Gabriel, além de cobrar o escanteio que resultou no gol de Rômulo. Mas, embora tenha reconhecido a boa atuação, o ex-jogador da Juventus preferiu enaltecer a força do elenco.

"A equipe vem em uma crescente. Chegamos bem preparados para esse jogo. É um jogo que precisa de algo a mais e soubemos administrar a ansiedade", avaliou o meia. "Foi uma boa partida minha, mas prevalece o grupo. Quem entrou, entrou muito bem."

Diego, que veste a camisa 10 na Libertadores, número diferente do que costuma usar nas outras competições, ainda brincou sobre a presença de Zico no Maracanã. "Espero que o Zico tenha saído satisfeito", comentou. "Nós sabemos que outro Zico não vai existir. Ele é uma inspiração e chegar perto de tudo o que ele foi será uma honra."

Na próxima rodada da Libertadores, o Flamengo enfrenta a Universidad Católica, no Chile, em 15 de março. Antes, contudo, recebe a Portuguesa-RJ no sábado, pelo Campeonato Carioca.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoDiegoLibertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.