Lucas Uebel/ Grêmio FBPA
Lucas Uebel/ Grêmio FBPA

Em busca do tetra, Grêmio vence o Inter de virada e leva vantagem para a Arena

Duelo de volta acontece no próximo domingo e um empate dará o título para a equipe tricolor

Bruno Accorsi, especial para o Estadão, O Estado de S.Paulo

16 de maio de 2021 | 18h38

O atacante Ricardinho, de 20 anos, saiu do banco de reservas e fez, aos 42 minutos do segundo tempo, o gol da virada por 2 a 1 do Grêmio sobre o Internacional, no primeiro jogo da final do Campeonato Gaúcho, disputado neste domingo, em pleno Beira-Rio. Com isso, o time tricolor joga por um empate na rodada de volta para ser campeão do estadual pela quarta vez seguida. Já o Inter precisa vencer por dois gols de diferença para levantar a taça ou construir uma vantagem de um gol para levar a decisão aos pênaltis.

O título será decidido no próximo domingo, em duelo marcado para as 16 horas, na Arena do Grêmio. Antes disso, os dois times têm compromissos fora do Brasil na quinta-feira. O Internacional joga contra o Olimpia, às 21 horas, em Assunção, pela quinta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Já o Grêmio visita o Aragua em Caracas, a partir das 21h30, pela quinta rodada da Copa sul-americana.

O certo é que o clima quente do Gre-Nal já preparou ambos para a tensão comum aos jogos contra adversários de outros países sul-americanos. O primeiro tempo foi de muita disputa no meio de campo. Mais organizado no setor, o Inter se saiu melhor e conseguiu ficar mais com a bola, ainda que sem criatividade para construir jogadas de perigo. Do outro lado, o tímido Grêmio movimentou o jogo aos 19 minutos, quando conseguiu acertar a marcação no campo de ataque e aproveitou um erro de passe de Zé Gabriel para finalizar com Pedro Geromel, que mandou para fora.

Depois disso, os gremistas insistiram na marcação alta, sem sucesso. Com a bola no pé, o time da casa voltou a acuar o rival e encontrou o caminho do gol em um belo lançamento de Cuesta, aos 26 minutos. Edenilson dominou na entrada da área e tocou na saída de Brenno para Thiago Galhardo abrir o placar.

A partida seguiu sem grandes oportunidades de gol, com o Internacional no controle do meio de campo. O Grêmio ameaçou empatar apenas aos 50 minutos, em lance no qual Matheus Henrique ficou cara a cara com Lomba e chutou em cima do goleiro poucos instantes antes de Anderson Daronco apitar o final da primeira etapa.

Os primeiros minutos de bola rolando após o intervalo mostraram um Grêmio diferente, mais organizado ofensivamente, a ponto de conseguir pressionar o rival. Logo aos quatro minutos, Moisés teve que tirar uma bola de cima da linha após cruzamento desviado que enganou Lomba.

A postura gremista inverteu os papéis e o Inter se viu recuado por imposição. Assumindo o risco de se expor mais, o time tricolor aproveitou o bom momento e empatou aos 12 minutos, quando Diego Souza subiu de cabeça, após cobrança de falta de Lucas Silva, e mandou para o gol.

A pressão inicial do Grêmio diminuiu a partir da segunda metade do segundo tempo. Ainda assim, o Inter não conseguiu se organizar ofensivamente e se limitou a tentar furar o bloqueio do adversário, que apostava no contra-ataque. Apesar da diminuição na intensidade, a equipe gremista voltou a levar perigo. Aos 32, Caio chutou rasteiro e Brenno, convocado pela seleção olímpica nesta semana, tirou com o pé.

A nova tentativa para conseguir a virada veio aos 42, e dessa vez a bola entrou. Darlan cruzou e Ricardinho, que entrou no lugar de Diego Souza, foi lá em cima para marcar o segundo gol gremista. O Inter pressionou nos minutos finais e até acertou o travessão, com Marcos Guilherme, nos acréscimos, mas não conseguiu o empate.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 1 X 2 GRÊMIO

INTERNACIONAL - Marcelo Lomba; Rodinei, Zé Gabriel (Lucas Ribeiro), Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenilson e Nonato (Marcos Guilherme); Maurício (Caio Vidal), Palacios (Yuri Alberto) e Thiago Galhardo (Praxedes). Técnico: Miguel Ángel Ramírez.

GRÊMIO - Brenno; Rafinha, Pedro Geromel, Ruan e Diogo Barbosa; Lucas Silva (Fernando Henrique), Maicon (Darlan) e Matheus Henrique; Luiz Fernando (Léo Pereira), Ferreira e Diego Souza (Ricardinho). Técnico: Tiago Nunes.

GOLS - Thiago Galhardo, aos 26 minutos do primeiro tempo. Diego Souza, aos 12 minutos, e Ricardinho, aos 42 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Anderson Daronco.

CARTÃO AMARELO - Léo Pereira, Maicon, Rodrigo Dourado, Rafinha, Ruan, Fernando Henrique e Praxedes.

RENDA E PÚBLICO - Jogo sem torcida.

LOCAL - Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.