Moysés Suzart/Vitória
Moysés Suzart/Vitória

Em queda livre, Vitória faz duelo direto com a Chapecoense contra o rebaixamento

Time baiano vem de quatro derrotas seguidas no Brasileirão, incluindo adversários na luta contra a degola

Estadão Conteúdo

14 Outubro 2018 | 06h46

Em queda livre no Campeonato Brasileiro após perder quatro jogos seguidos, o Vitória faz neste domingo, às 11 horas, duelo direto com a Chapecoense contra a zona de rebaixamento. O confronto, válido pela 29ª rodada da competição, será na Arena Condá, em Chapecó.

O time baiano vem de derrotas doídas para Ceará e Botafogo, outros dois adversários na luta contra o descenso, e Internacional e Santos. Os reveses consecutivos afundaram o time rubro-negro na zona de rebaixamento, com 29 pontos, a dois da própria Chapecoense, primeiro time fora do grupo dos quatro piores.

Sob o comando do técnico Paulo Cézar Carpegiani, que chegou para o lugar de Vagner Mancini, o Vitória deu sinais de reação e mostrou indícios de que conseguiria uma sequência importante na luta contra a queda.

Os bons resultados foram poucos e o time, que tem a pior defesa da competição, se afundou. "Carpegiani está tentando achar o time ideal. Tenho certeza de que o time que ele colocar vai entrar e vai dar conta do recado", disse Erick, provável titular no ataque do Vitória.

As novidades da equipe para a partida são os retornos de Neilton e Léo Gomes, que cumpriram suspensão contra o Santos. O primeiro, pela má fase técnica, deve ficar no banco de reservas e dar lugar a Erick. O segundo voltará a figurar entre os titulares no meio de campo.

Por outro lado, Rhayner e Maurício Cordeiro desfalcam a equipe. O primeiro recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Santos, enquanto o atacante foi expulso. Elias, que está emprestado ao Vitória pela Chapecoense, também não pode jogar pela cláusula contratual.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.