Alexandre Vidal / Flamengo
Alexandre Vidal / Flamengo

Everton Ribeiro comemora 4ª vitória seguida e defende rodízio de Domènec no Fla

Meiocampista revela que técnico já disse que irá poupar o atleta que afirmar estar cansado

Redação, Estadão Conteúdo

10 de setembro de 2020 | 00h42

O meia Everton Ribeiro comemorou na noite desta quarta-feira a quarta vitória consecutiva do Flamengo neste Brasileirão. O triunfo sobre o Fluminense, por 2 a 1, deixou a equipe rubro-negra na briga pela liderança da tabela; O time carioca tem os mesmos 17 pontos do São Paulo e do Internacional, este com um jogo a menos: 8 a 9.

"A vitória nos deixou na briga pela liderança. Vamos precisar ter tranquilidade daqui para frente. As vitórias nos deixam mais tranquilos para trabalhar e agora vai ser assim até o final", declarou o meio-campista.

Para ele, a sequência de jogos vai ser um dos obstáculos do time nesta temporada apertada, mas acha que o rodízio planejado pelo técnico Domènec Torrent vai dar certo. "Ele (Torrent) já disse que quem se sentir cansado deve avisar e será poupado. Não é algo comum aqui no Brasil, mas acho que funciona, porque é preciso ter um elenco muito forte para superar esta maratona de jogos", concluiu.

Mais uma vez, Gabigol balançou as redes. Tem cinco gols, igual a Germán Cano, do Vasco, e um a menos do que Thiago Galhardo e Marinho, com seis gols, na liderança da artilharia do Brasileiro. Na comemoração ele voltou a colocar o dedo indicador esticado entre os lábios, como se fosse um cala boca. Ele não gostou de começar no banco de reservas no último jogo, diante do Fortaleza.

Após a polêmica gerada no último domingo, quando deixou o campo sem comemorar a vitória sobre o Fortaleza por 2 a 1, desta vez ele saiu de campo mais tranquilo. Com certeza sabia que estava sob os olhares atentos de Tite, técnico da seleção brasileira, que assistiu o clássico de um camarote do Maracanã ao lado do preparador físico Fábio Mahseredjian.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.