David Oliveira/Guarani FC
David Oliveira/Guarani FC

Guarani vence o Ituano e reassume liderança do Grupo D do Campeonato Paulista

Resultado é ruim para o Corinthians, que não tem como acabar a rodada na ponta de seu grupo

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de março de 2020 | 23h46

O Guarani assumiu a liderança provisória do Grupo D ao derrotar o Ituano por 2 a 0, nesta sexta-feira, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, pela nona rodada do Campeonato Paulista. O destaque da noite ficou por conta do atacante Júnior Todinho, autor dos gols da equipe campineira.

Com o resultado, o Guarani quebrou a sequência de quatro jogos sem vitória e subiu para a liderança do Grupo D, com 13 pontos, contra 11 do Bragantino e nove de Corinthians e Ferroviária. O Ituano, por outro lado, é o lanterna do Grupo C, com nove, mesma pontuação da Inter de Limeira. O Mirassol tem 13, e o São Paulo, 15.

A fase do Ituano não é boa. O time perdeu logo no primeiro tempo o volante Corrêa e o zagueiro Ricardo Silva por lesão. Curiosamente, ambos estavam com a faixa de capitão quando se contundiram. Após a saída do volante, inclusive, a equipe da casa se perdeu e viu o Guarani tomar conta do meio de campo.

A superioridade dos visitantes virou gol aos 22 minutos. Giovanny fez fila na defesa do Ituano e tocou para Júnior Todinho. Pegorari tentou fazer o corte, mas deixou a bola nos pés do atacante, que rodou o corpo para chutar e fazer o primeiro da equipe campineira.

O Guarani ainda chegou a fazer o segundo na etapa inicial, mas o árbitro apontou erroneamente impedimento de Giovanny, que estava em posição legal antes de mandar a bola no fundo das redes. Perdido, o Ituano ameaçou com Pacheco, em chute rente à trave.

No segundo tempo, o Ituano esboçou uma pressão para cima do Guarani, mas não conseguiu ser eficiente. A equipe da casa perdeu boas chances e deu espaço para o adversário contra-atacar, até que aos 27 minutos Giovanny recebeu na esquerda e tocou para Junior Todinho fazer o segundo.

Em vantagem, o Guarani administrou o resultado e continuou criando as principais chances de gol. O terceiro quase saiu nos minutos finais. Ricardinho invadiu a área pelo lado direito de campo e, livre de marcação, chutou para a defesa de Pegorari.

Na próxima rodada, o Ituano visita o Corinthians no dia 15, às 16h, em Itaquera. No dia 16, às 20h, o Guarani faz o clássico contra a Ponte Preta, no Brinco de Ouro da Princesa.

FICHA TÉCNICA

ITUANO 0 X 2 GUARANI

ITUANO - Pegorari; Pacheco, Ricardo Silva (Léo Rigo), Suéliton e Breno Lopes; Baralhas, Corrêa (Gui Mendes) e Marcos Serrato; Yago, Gabriel Taliari e Luizinho (Minho). Técnico: Vinícius Bergantin.

GUARANI - Jefferson Paulino; Pablo, Leandro Almeida, Bruno Silva e Thallyson; Deivid, Lucas Abreu (Cristovam) e Eduardo Person (Ricardinho; Júnior Todinho, Rafael Costa (Alemão) e Giovanny. Técnico: Thiago Carpini.

GOLS - Junior Todinho, aos 22 do primeiro tempo, e aos 27 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Thiago Duarte Peixoto.

CARTÕES AMARELOS - Luizinho e Marcos Serrato (Ituano); Deivid, Júnior Todinho e Lucas Abreu (Guarani).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Novelli Júnior, em Itu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.