EC Juventude
EC Juventude

Juventude demite Eduardo Baptista e executivo de futebol após longa reunião

Time de Caxias do Sul caiu para a lanterna do Campeonato Brasileiro depois de derrota para o Atlético Goianiense

Redação, O Estado de S.Paulo

20 de junho de 2022 | 20h52

Entre uma reunião e outra que se estendeu por quase todo o dia, o Juventude optou pela demissão do técnico Eduardo Baptista e do executivo de futebol Marcelo Barbarotti. O anúncio oficial aconteceu na noite desta segunda-feira via nota no site oficial do clube.

A passagem de Eduardo Baptista foi rápida, tendo durado pouco mais de dois meses. Neste período foram 17 partidas, sendo três vitórias, cinco empates e nove derrotas, com aproveitamento de apenas 27,5%.

"O Esporte Clube Juventude reforça o sentimento de gratidão para com Eduardo Baptista e Marcelo Barbarotti, que ao longo de toda passagem pelo Verdão, se mostraram profissionais da mais intensa dedicação e do mais alto nível e, por este motivo, detém extremo respeito de todos dentro do estádio Alfredo Jaconi. O clube deseja aos profissionais sucesso e sorte na sequência da carreira", publicou o clube.

A permanência do treinador vinha sendo debatida há alguns dias, mas ficou insustentável após a derrota para o Atlético-GO, por 3 a 1, em Goiânia. O fato de o Juventude ter caído para a lanterna do Brasileirão também pesou na decisão da diretoria do clube.

Nos bastidores, o nome de Umberto Louzer, com passagem por Chapecoense, Sport e Atlético-GO, é o que mais ganha força para assumir o clube para o restante da temporada.

O Juventude é o lanterna do Brasileirão, com dez pontos ganhos. São duas vitórias, quatro empates e sete derrotas até agora.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.