Reprodução / Arena SBT
Reprodução / Arena SBT

Kaká elogia Crespo e torce por título do São Paulo do Paulistão: 'Que tenha chegado a hora'

Clube do Morumbi enfrenta jejum de 16 anos no torneio estadual; a última conquista foi em 2005. Tricolor encara o Palmeiras em duas partidas, quinta e domingo

Redação, Estadão Conteúdo

18 de maio de 2021 | 12h11

Em meio a uma semana decisiva para o São Paulo, com chance de classificação às oitavas de final da Copa Libertadores e decisão do Campeonato Paulista contra o Palmeiras, o ex-jogador Kaká comentou sobre o time comandado pelo técnico argentino Hernán Crespo. Para o ídolo tricolor, ele é o principal responsável pelo bom momento.

"No caso do São Paulo, acho que o grande diferencial é o treinador. Claro que vieram peças importantes como o (zagueiro) Miranda, o (meia argentino) Benítez, o Daniel Alves se acertando na lateral, enfim... Mas de um modo geral, é tudo parte da liderança de um treinador que organiza todas essas peças do quebra-cabeça", explicou Kaká, em entrevista ao SBT, que mostra os jogos da Libertadores.

O ídolo não escondeu a expectativa de o São Paulo encerrar a fila de títulos que dura desde 2012, quando conquistou a Copa Sul-Americana. Em relação ao Estadual paulista, o time não vence desde 2005. Após encarar o Racing nesta terça-feira, pela Libertadores, o time tricolor passa a pensar na final do Paulistão, na qual enfrenta o Palmeiras nesta quinta e domingo. Kaká explicou que o Estadual é uma boa oportunidade para o clube do Morumbi voltar a ser vitorioso.

"Espero que tenha chegado a hora de nós, são-paulinos, comemorarmos um título. Eu falo principalmente para essa nova geração. Eu tenho um filho de 12 anos que ainda não teve a alegria de ver tantas conquistas que tive, de ver o São Paulo campeão da Libertadores, do mundo. Eu gostaria muito que ele tivesse esse privilégio e pudesse ver o São Paulo campeão, começando pelo Campeonato Paulista", afirmou.

Kaká ainda avaliou o adversário do São Paulo, o Palmeiras, e destacou que a final do Paulistão realmente coloca frente a frente os melhores times do Estado. "Eu acredito que o Palmeiras hoje tem um dos melhores elencos, um treinador excelente também. Acredito que esses dois clubes são os melhores do Estado."

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.