Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

Larghi confirma quarteto ofensivo com Cazares e aguarda por Fábio Santos

Atlético-MG enfrenta o Botafogo no domingo, no Rio de Janeiro, pelo Brasileirão

Estadao Conteudo

17 Agosto 2018 | 18h54

O técnico Thiago Larghi confirmou nesta sexta-feira o time do Atlético-MG que entrará em campo contra o Botafogo, domingo, às 16h, no estádio do Engenhão, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Conforme os treinos durante a semana indicaram, o treinador optou pela entrada de Cazares no lugar de Tomás no meio-campo. E, assim, revelou que o quarteto ofensivo também contará com Nathan, Chará e Ricardo Oliveira. Luan seguirá entre os reservas.

"A gente vê aí um quarteto ofensivo, que fica bem definido. A gente espera contar bastante com o poderio ofensivo do nosso time. É o ataque mais positivo da competição e esperamos continuar nessa frente e que esse mesmo grupo ajude a defesa, para que a possamos diminuir o número de gols sofridos", disse.

Para Larghi, é o momento de Cazares assumir de vez a condição de camisa 10 do Atlético. "É a hora dele ter esse protagonismo e colocar para fora o futebol que ele tem. A capacidade dele a gente sabe que é grande, então, é ele trabalhar forte e buscar esse protagonismo, assumir essa responsabilidade, o papel que ele pode desempenhar junto à equipe. É uma oportunidade dele botar o pé no chão aqui e jogar o melhor futebol que ele pode expressar", avaliou.

O técnico do Atlético só aguarda pelo retorno do lateral-esquerdo Fábio Santos, recém-recuperado de uma entorse no tornozelo esquerdo. O jogador participou normalmente da atividade desta sexta-feira. "O Fábio Santos depende só dele, se tiver condição física, vai para o jogo", concluiu.

Outra novidade na formação titular será a presença do volante Matheus Galdezani na vaga de Elias, que está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. "O Galdezani, como já vinha atuando, tem total condição de jogar, compreende o que a gente quer para o jogo. Fica uma mudança muito sutil, que interfere pouco no padrão da equipe", destacou.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.