Miguel Schincariol/Sãopaulofc.net
Miguel Schincariol/Sãopaulofc.net

Luciano diz que São Paulo 'soube sofrer' e Sara destaca par ou ímpar em falta

São Paulo derrotou o Fortaleza por 3 a 2, de virada, no Castelão, e completou 11 jogos sem perder no Brasileirão

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

14 de novembro de 2020 | 21h49

Como aconteceu em quatro dos últimos cinco jogos do São Paulo na temporada, o time paulista saiu atrás, mas conseguiu reverter o placar e venceu. Após a vitória por 3 a 2 sobre o Fortaleza, no Castelão, os jogadores celebraram o resultado e o meia Gabriel Sara contou sobre um dos lances mais curiosos da partida, que foi o momento em que ele tirou par ou ímpar para decidir com Daniel Alves, quem iria bater a falta que originou o primeiro gol tricolor.

Autor de dois gols, Luciano destacou a força de recuperação da equipe. "Jogar contra o Fortaleza aqui (no Castelão) é muito difícil, pelo campo e pelo calor. Soubemos sofrer, tomamos dois gols que não pode, mas saímos vitoriosos, que é o mais importante", comemorou o atacante, em entrevista ao canal Premiere. Ele começou a partida no banco de reservas e entrou no segundo tempo, no lugar de Pablo. 

O primeiro gol do São Paulo saiu em uma cobrança de falta de Gabriel Sara. Ele se preparou para a cobrança ao lado de Daniel Alves e os dois decidiram tirar par ou ímpar para definir quem iria bater. "A gente esperou o goleiro definir a barreira e tiramos um par ou ímpar. Mesmo ganhando, ele deixou eu bater. O goleiro armou bem a barreira para cá. Tinha espaço para bater por fora dele. Então, o Dani me deu essa cobrança"."

Com o resultado, o São Paulo chegou aos 36 pontos e completou 11 rodadas sem perder no Campeonato Brasileiro. O time tricolor volta a campo na próxima quarta-feira para enfrentar o Flamengo, no Morumbi, no jogo da volta das quartas de final da Copa do Brasil. No primeiro duelo, a equipe paulista venceu por 2 a 1, no Maracanã. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.