Rubens Chiri/São Paulo
Rubens Chiri/São Paulo

Luciano lamenta gol sofrido cedo pelo São Paulo: 'Complicou nossa estratégia'

O time tricolor é o único líder de grupo ainda não se classificou: Corinthians, Palmeiras e Red Bull Bragantino já se garantiram

Redação, Estadão Conteúdo

10 de março de 2022 | 23h13

O São Paulo perdeu uma invencibilidade de sete jogos nesta quinta-feira ao cair, no Morumbi, por 1 a 0, diante do Palmeiras. Diferentemente de outras épocas, quando era bastante vaiado após os tropeços, desta vez o time saiu de campo aplaudido, com a torcida reconhecendo o empenho no clássico. O atacante Luciano lamentou o gol sofrido no início e já pediu para a equipe focar na próxima rodada do Campeonato Paulista.

Domingo o São Paulo visita o Mirassol em jogo no qual pode carimbar sua classificação. O time é o único líder de grupo ainda não garantido: Corinthians, Palmeiras e Red Bull Bragantino já se classificaram. Por isso a ordem é não ficar lamentando a derrota diante do Palmeiras.

"O gol no começo complicou nossa estratégia. O time deu uma melhorada no segundo tempo, mas não conseguiu empatar", lamentou Luciano, que apelou à famosa "definição nos detalhes" para justificar o tropeço. "Clássico é muito nervosismo e decidido nos detalhes. Ganhamos do Corinthians com gol no início e hoje perdemos da mesma maneira. Agora é pensar no domingo."

O jogo tende a ser complicado no interior do estado, já que os três times do grupo C têm condições da vaga e tentam ser o rival do Palmeiras nas quartas. O Mirassol é o segundo, com 17 pontos, contra 15 de Ituano e Botafogo, e necessita de pontos em casa.

Para a partida de domingo, o técnico Rogério Ceni já terá o meia Nikão e o goleiro Jandrei de volta, recuperados da covid-19, e pode começar com o também meia Patrick, que entrou no decorrer do clássico. O lateral-direito Rafinha, suspenso por expulsão, será desfalque.

Pedido em coro pela torcida no Morumbi e louco para ajudar o São Paulo a se classificar, Luciano espera ter mais minutos em campo para resgatar o físico e o bom futebol do início da temporada passada. "Preciso melhorar em vários aspectos, estou treinando forte e tenho de jogar para recuperar o ritmo o quanto antes."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.