Vinnicius Silva/Cruzeiro
Vinnicius Silva/Cruzeiro

Mano Menezes assume responsabilidade após nova derrota do Cruzeiro no Brasileirão

Time celeste continua próximo à zona de rebaixamento após revés em casa para a Chapecoense

Redação, Estadão Conteúdo

26 de maio de 2019 | 22h14

Um dos principais alvos da torcida após a derrota para a Chapecoense por 2 a 1, neste domingo, no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Mano Menezes assumiu a responsabilidade pelo quinto jogo sem vitória. "Estamos passando por momento difícil, que temos que encontrar soluções. A responsabilidade é muito minha. Os jogadores têm qualidades e nós devemos pensar na melhor forma deles aproveitarem", afirmou.

Nesta partida, Mano Menezes mandou a campo uma formação mais ofensiva, com quatro meias ofensivos e Henrique como único volante. A tática não deu certo, pois deixou muito espaço para o adversário e ela dificilmente será adotada novamente.

"A mudança no esquema é de responsabilidade minha e é uma coisa que a gente tinha que passar para ver que algumas coisas não funcionam. Futebol não adianta só falar, mas sim ser visto dentro de campo. Mesmo com tantos meias tivemos dificuldades para criar", analisou Mano Menezes.

A semana sem jogos promete ser tensa na Toca da Raposa II, com mais explicações de jogadores e dirigentes. O time volta a campo só no próximo domingo contra o São Paulo, às 16 horas, no estádio Pacaembu, na capital paulista, pela sétima rodada.

Com três derrotas seguidas, o Cruzeiro estacionou nos seis pontos e caiu para a 16.ª colocação, sendo o primeiro fora da zona de rebaixamento. Mas pode entrar nela depois dos jogos desta segunda-feira que completarão a sexta rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.