Vassil Donev/EFE
Vassil Donev/EFE

Maradona isenta Messi de culpa por desempenho da Argentina: 'Não passam para ele'

Para ídolo argentino, atacante do Barcelona sofre com desorganização da equipe comandada por Jorge Sampaoli

Estadão Conteúdo

23 Junho 2018 | 08h46

Diego Maradona roeu as unhas e chorou nas tribunas ao assistir a derrota da Argentina por 3 a 0 para a Croácia na última quinta-feira, em Nijni Novgorod, pela segunda rodada do Grupo D da Copa do Mundo. No entanto, para o craque argentino, Messi não pode ser responsabilizado pelo fraco futebol apresentado pela seleção de seu país até aqui.

+ Miranda comenta situação da Argentina: 'Dá pena'

+ Campanha ruim da Argentina deixa nação divida antes de jogo decisivo

+ TV argentina faz minuto de silêncio por 'morte' da seleção

"O Messi se posiciona, mas não passam a bola para ele. Isso é um problema de equipe, de organização", disse Maradona ao programa "De la mano del 10", do canal venezuelano Telesur. "Messi fez o que dava. É difícil ter que resolver os problemas dos seus companheiros", complementou.

Maradona colocou o técnico Jorge Sampaoli como principal responsável pelo mau desempenho, especialmente pelo empate na estreia contra a Islândia por 1 a 1. "Não vamos jogar toda a culpa em um jogador que tem que resolver as coisas sozinho em campo. A culpa tem que cair sobre as lideranças fora de campo, que vai desde o presidente da AFA (Associação Argentina de Futebol) até o Sampaoli", disse.

A Croácia lidera o Grupo D com seis pontos e já garantiu vaga na próxima fase da Copa do Mundo. A Argentina depende apenas de suas forças para seguir adiante na competição. Mas não pode vacilar. Na próxima terça-feira, às 15h (de Brasília), precisa vencer a Nigéria para garantir a classificação.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.