Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Fernando Alves/E.C. Juventude
Fernando Alves/E.C. Juventude

Matheus Peixoto faz no último lance e salva Juventude de derrota para Atlético-GO

Com o resultado, goianos estacionam no meio da tabela com 15 pontos, enquanto gaúchos sobem uma posição

Redação, Estadão Conteúdo

11 de julho de 2021 | 13h14

Se Zé Roberto precisou de somente quatro minutos em campo e um toque na bola para colocar o Atlético-GO na frente, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, Matheus Peixoto fez questão de usar todos os 51 minutos do segundo tempo para garantir o empate do Juventude, por 1 a 1, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Salvou o time da derrota em gol de pênalti, neste domingo pela manhã, no último lance, em resultado que não ajudou nenhum dos clubes. Sem vencer há três rodadas, os gaúchos ocupam a 12ª colocação, com 13 pontos. O time goiano, invicto há três partidas, soma 15 pontos, no nono lugar.

Mesmo fora de casa, o Atlético-GO começou melhor a partida. Arthur Gomes fez Marcelo Carné trabalhar logo aos 12 minutos, em cobrança de falta. No minuto seguinte, Lucão roubou a bola e encheu o pé, mas o goleiro do Juventude se esticou todo para evitar o gol goiano. O Juventude só apareceu aos 19 minutos. Oliveira deu bobeira e a bola sobrou para Wescley que arriscou, mas Fernando Miguel conseguiu espalmar.

O segundo tempo começou morno e só esquentou com a entrada de Zé Roberto. O atacante pegou a vaga de Lucão aos 26 minutos. Quatro minutos depois, Natanael cruzou da esquerda e, em seu primeiro toque na bola, Zé Roberto meteu de cabeça para as redes.

O Juventude acordou e tentou o empate dois minutos depois. William Matheus recebeu cruzamento de Guilherme Castilho e cabeceou firme. A bola raspou a trave. Aos 45 minutos, Zé Roberto recebeu de frente para o gol e tentou dar uma cavadinha, mas Marcelo Carné defendeu.

O Juventude não desistiu e chegou ao empate aos 51 minutos. Paulo Henrique cruzou e a bola bateu na mão de Gabriel Baralhas. Pênalti. Na cobrança, Matheus Peixoto encheu o pé no ângulo direito, sem chances para Fernando Miguel.

Na 12ª rodada, o Juventude fará confronto sulista contra o Internacional, no domingo, às 20h30, no Beira-Rio, em Porto Alegre. No mesmo dia, mas às 16 horas, o Atlético-GO receberá o Palmeiras no Antônio Accioly, em Goiânia.

FICHA TÉCNICA

JUVENTUDE 1 X 1 ATLÉTICO-GO

JUVENTUDE - Marcelo Carné; Michel Macedo (Paulo Henrique), Vitor Mendes, Rafael Forster e William Martheus; Elton (Capixaba), Jadson (Fernando Pacheco), Guilherme Castilho e Wescley (Wagner); Matheus Peixoto e Sorriso (Chico). Técnico: Marquinhos Santos.

ATLÉTICO-GO - Fernando Miguel; Dudu, Oliveira, Éder e Igor Cariús; Willian Maranhão, Marlon Freitas e Arthur Gomes (Janderson); André Luís (Arnaldo), Lucão (Zé Roberto) e Natanael (Baralhas). Técnico: Eduardo Barroca.

GOLS - Zé Roberto, aos 29, e Matheus Peixoto (pênalti), aos 51 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Sorriso, Vitor Mendes (JUVENTUDE); Willian Maranhão (ATLÉTICO-GO).

ÁRBITRO - Wagner do Nascimento Magalhaes (RJ).

LOCAL - Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.