Mogi Mirim empata com o já rebaixado Paulista por 4 a 4

Fantasma do rebaixamento assusta o time do aposentado Rivaldo

AE, Agência Estado

18 de março de 2014 | 22h09

ITAPIRA - Já rebaixado e recheado de garotos das categorias de base, o Paulista complicou a vida do Mogi Mirim no Paulistão. Debaixo de muita chuva, os dois times empataram por 4 a 4, na noite de terça-feira, no Estádio Coronel Chico Vieira, em Itapira, no encerramento da 14ª rodada do campeonato.

Com uma vitória, o time do aposentado Rivaldo escaparia do rebaixamento, mas, como o resultado não veio, o Mogi Mirim segue ameaçado de cair para a Série A2. Está em 15º lugar na classificação geral, com 14 pontos, três a mais do que Comercial, primeiro entre os quatro últimos colocados.

Já o Paulista, que esteve sempre na frente do placar nesta terça-feira, segue sem vencer no campeonato, em último lugar na classificação geral, agora com três pontos.

A partida aconteceu no Estádio Coronel Chico Vieira, em Itapira, pois o Estádio Romildo Vitor Ferreira, em Mogi Mirim, foi interditado pela Federação Paulista de Futebol (FPF) após as ofensas raciais ao volante Arouca, do Santos, no jogo do último dia 6, pela 12ª rodada.

Dependendo apenas de suas forças para conseguir escapar do rebaixamento, o Mogi Mirim foi para cima e teve a chance de abrir o placar com Everton Sena. Após passe de Serginho, o volante ficou de frente para o gol, mas carimbou a trave.

Mesmo sendo pressionado, o Paulista conseguiu abrir o placar num frango do goleiro Reynaldo. Felipe arriscou de longe e ele ficou agachado como se fosse encaixar para fazer a defesa, mas bola quicou no gramado e morreu no fundo das redes, aos 16 minutos. No lance seguinte, veio o empate. Após finalização de Fernando Baiano, Ian fez grande defesa. No rebote, porém, Serginho não teve obstáculos e mandou para o gol.

O Paulista voltou a ficar na frente aos 32 minutos, quando Gabriel Leite aproveitou sobra da defesa e mandou rasteiro para o gol, no canto de Reynaldo. No final da primeira etapa, o time de Jundiaí ganhou motivos para se preocupar, pois o lateral Biel tentou cavar uma falta, recebeu o segundo amarelo e foi expulso.

Mesmo com um a menos, o Paulista conseguiu ampliar o marcador logo no início do segundo tempo. Erik fez jogada pela direita e cruzou rasteiro Elton empurrar para o fundo das redes.

Desesperado e sem alternativas, o Mogi Mirim foi para cima e conseguiu empatar a partida em apenas cinco minutos. Quem descontou foi Edson Ratinho, que aproveitou rebote de finalização de Serginho na trave aos 11. E aos 15, foi a vez de Magrão balançar as redes. O atacante havia acabado de entrar, mas acertou belo chute, sem chances para Ian.

Com o resultado igual, o Mogi Mirim não contava que o Paulista encontrasse forças para ficar novamente na frente. Mas, aos 17 minutos, Dodó aproveitou cobrança de escanteio e desviou de cabeça para o gol. A vantagem, porém, não durou muito. Aos 21, novamente Magrão acertou belo chute colocado, de fora da área, e empatou de novo.

Os dois times se despedem do Paulistão no próximo domingo. Enquanto o Mogi Mirim visita a Ponte Preta no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, o Paulista recebe o Bragantino no Jayme Cintra, em Jundiaí.

FICHA TÉCNICA:

MOGI MIRIM 4 X 4 PAULISTA

MOGI MIRIM - Reynaldo; Valdir, Wagner Silva, Mirita e Leonardo; Olberdam (Vitor Xavier), Elanardo, Edson Ratinho e Everton Heleno (Magrão); Serginho e Fernando Baiano (Rivaldinho). Técnico - Márcio Goiano.

PAULISTA - Ian; Felipe, Leandro Vicentini, Malcon e Biel; Dodó, Ewerton Pereira, Gabriel Leite (Umberto) e Ytalo (Felipe Silva); Erik e Elton (Tutinha). Técnico - Beto Cavalcante.

GOLS - Felipe, aos 16, Serginho, aos 17, e Gabriel Leite, aos 32 minutos do primeiro tempo; Elton, aos 2, Edson Ratinho, aos 11, Magrão, aos 15 e aos 21, e Dodó, aos 17 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Adriano de Assis Miranda.

CARTÕES AMARELOS - Vitor Xavier e Elanardo (Mogi Mirim); Biel (Paulista).

CARTÃO VERMELHO - Biel (Paulista).

PÚBLICO E RENDA - Não divulgados.

LOCAL - Estádio Chico Vieira, em Itapira (SP)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.