Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
David Mdzinarishvili/Reuters
David Mdzinarishvili/Reuters

Alemanha 'esvazia' elenco de amistoso contra o Brasil

Por lesão ou apenas descanso, Joachim Löw não terá Ozil Muller, Khedira, Gundogan e Can na próxima terça-feira

Jamil Chade, correspondente em Genebra (SUI), O Estado de S.Paulo

24 de março de 2018 | 09h06

Se o Brasil esperava fazer uma espécie de revanche contra a Alemanha na próxima terça-feira, em Berlim, para espantar os fantasmas da Copa de 2014, a realidade é que o time alemão não entrará em campo com sua melhor formação. 

+ Com os dois goleiros em alta, Alemanha e Espanha empatam em 1 a 1 

+ Sem Messi, Argentina bate a Itália por 2 a 0 em dia de homenagens a Astori

+ Confira a página especial da Copa do Mundo da Rússia

Neste sábado, o meia Mesut Özil e o atacante Thomas Müller foram dispensados pelo técnico Joachim Löw. Havia um acordo com seus clubes de que apenas participariam de um dos amistosos disputados nesta semana. E ambos preferiram jogar contra a Espanha, nesta sexta-feira. 

Mas o time alemão pode passar por outras três mudanças. Sami Khedira, com problemas nas costas, deve ganhar uma  folga e Ilkay Gündogan deve entrar em seu lugar. Emre Can, volante do Liverpool, também ficará fora por estar fora da melhor condição física. Seu substituto ainda não foi definido.

Do time que disputou a semi-final contra o Brasil há quatro anos e marcou sete gols, apenas dois jogadores podem estar em campo: Kroos e Boateng, além de Draxler e Ginter que estavam no banco em 2014. Em entrevista publicada no site oficial da Federação Alemã de Futebol (DFB), Löw confirmou que vai usar a partida contra o Brasil para fazer testes.

"Eu pretendo colocar Marvin Plattenhardt em Berlim", disse Löw, indicando também para a entrada de Leroy Sané. “Terei pelo menos três mudanças”, disse. Nesta tarde, o treinador Tite realizará um treino já em Berlim, depois de chegar pela madrugada de Moscou, onde venceu a Rússia por 3 x 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.