Cesar Greco/ SE Palmeiras
Cesar Greco/ SE Palmeiras

Palmeiras assume a liderança do Brasileirão com goleada sobre o Botafogo

Rony (2), Gustavo Scarpa e Wesley balançam as redes no Allianz Parque e garantem triunfo alviverde

Ricardo Magatti, O Estado de S.Paulo

09 de junho de 2022 | 20h56

O Palmeiras reassumiu a liderança do Brasileirão ao atropelar o Botafogo nesta quinta-feira, no Allianz Parque. Para retornar à ponta da tabela do Brasileirão, o time alviverde contou com tropeço de Corinthians e Atlético-MG e ganhou do rival carioca com sobras. Fez 4 a 0 e poderia ter feito mais em noite inspirada de Rony e Gustavo Scarpa, protagonistas na ausência de Raphael Veiga, em recuperação de lesão muscular. Wesley, com uma pintura, sacramentou a goleada.

São 19 pontos para o Palmeiras, líder isolado, dono da melhor defesa do campeonato e invicto na temporada há 16 partidas. Fase contrária vive o Botafogo, que sofreu o terceiro revés seguido e despencou na tabela de classificação.

Existe um abismo que separa Palmeiras e Botafogo atualmente. Isso ficou claro no gramado do Allianz Parque. Treinado há quase dois anos por Abel Ferreira, o time alviverde jogou no automático e massacrou o rival carioca, comandado por outro português, Luis Castro, há poucos meses, e ainda em busca de uma identidade. Somente no primeiro tempo, foram três gols em 34 minutos, além de um gol anulado e duas bolas de Dudu na trave.

Como costumam fazem em casa, os anfitriões adiantaram a marcação e pressionaram o adversário em seu campo. A estratégia deu resultado. Na ausência de Raphael Veiga, Gustavo Scarpa e Rony assumiram o protagonismo e comandaram o passeio em casa.

O atacante marcou o primeiro e o terceiro gols e o meia fez o segundo. Além disso, deu as duas assistências para o camisa 10 ir às redes. Dudu também tentou deixar o seu, mas parou duas vezes na trave na primeira etapa.

No segundo tempo, Abel aproveitou a larga vantagem pra descansar Danilo, Gabriel Veron. Scarpa e Rony. O jovem Fabinho ganhou uma oportunidade no meio e Navarro teve mais uma chance de mostrar serviço no ataque.

O centroavante até foi às redes, mas estava impedido. Weverton, sempre seguro, foi mais exigido na etapa final. De volta da seleção brasileira, o goleiro fez uma boa defesa na finalização de Saravia. No fim, Wesley selou o triunfo com uma pintura ao pedalar em cima do marcador e acertar o ângulo esquerdo.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 4 X 0 BOTAFOGO

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Murilo, Luan e Piquerez; Danilo (Fabinho), Zé Rafael e Gustavo Scarpa (Atuesta); Dudu (Breno Lopes), Gabriel Veron (Rafael Navarro) e Rony (Wesley). Técnico: Abel Ferreira.

BOTAFOGO: Gatito Fernandez; Saravia, Kanu, Cuesta e Hugo; Tchê Tchê (Kayque); Lucas Fernandes (Chay), Luiz Oyama (Del Piage); Daniel Borges, Vinicius e Victor Sá. Técnico: Luís Castro.

GOLS: Rony, aos 10 e aos 34, e Gustavo Scarpa, aos 17 do 1ºT. Wesley, aos 41 do 2ºT.

JUIZ: Anderson Daronco (Fifa/RS)    

AMARELO: Saravia

PÚBLICO: 33.431 torcedores

RENDA: R$ 2.094.253,17

LOCAL: Allianz Parque

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.