Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Palmeiras e Felipão vão ao Mineirão para espantarem fantasmas

Time e técnico, que enfrentam o Cruzeiro pela do Copa do Brasil, carregam memórias ruins de jogos eliminatórios no estádio

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

26 de setembro de 2018 | 05h00

O Palmeiras e o técnico Luiz Felipe Scolari querem espantar nesta quarta-feira lembranças ruins de jogos eliminatórios no Mineirão. O encontro deles com o Cruzeiro, pela semifinal da Copa do Brasil, vale tanto para colocar a equipe na decisão como para apagar traumas recentes deixados pela última visita que fizeram ao estádio para disputar confrontos de mata-mata.

A missão do Palmeiras é reverter a desvantagem de 1 a 0 já que na ida, no Allianz Parque, o Cruzeiro ganhou com gol de Barcos. Em caso de vitória alviverde por vantagem mínima, a decisão irá para os pênaltis. A classificação à final virá no tempo normal caso o placar seja positivo por dois ou mais gols de diferença.

No ano passado, o Palmeiras esteve no Mineirão sob circunstâncias parecidas e se deu mal. Após empatar com o Cruzeiro por 3 a 3 no Allianz Parque, a eliminação nas quartas de final foi selada com o empate por 1 a 1. O pior viria depois. No vestiário o técnico Cuca e Felipe Melo discutiram. Dias depois o volante foi afastado do elenco.

O problema nos bastidores deixou o ambiente da equipe pesado e pioraria semanas depois, na eliminação na Libertadores para o Barcelona, do Equador. Felipe Melo seria reintegrado após acionar a Justiça e alegar ser alvo de assédio moral. Foram 40 dias de afastamento e de treinos em turnos alternativos até o Palmeiras determinar sua reincorporação ao grupo. Cuca pediu demissão cerca de três meses após a queda na Copa do Brasil.

Para Felipão o retorno ao Mineirão remete à Copa de 2014. Na semifinal disputada no estádio a seleção brasileira, então dirigida pelo técnico, acabou goleada pela Alemanha por 7 a 1. Foi a maior derrota da história centenária da equipe brasileira e resultado que marcou a carreira do treinador.

O técnico palmeirense chegou a voltar ao local no comando do Grêmio, em jogos pelo Campeonato Brasileiro, porém somente agora pisa no estádio para nova partida eliminatória.

A postura do Palmeiras para buscar a classificação será pautada justamente em experiências ruins. O time disse ter aprendido com a derrota no jogo de ida e entendido que o gol sofrido apenas com quatro minutos de jogo é uma lição. 

"Não é porque estamos atrás que vamos sair como loucos e oferecer o que o Cruzeiro gosta, que é o contra-ataque, e deixar espaços. Em um contra-ataque logo no começo eles conseguiram ser eficazes", afirmou o meia Moisés.

Invicto como visitante há dois meses, o Palmeiras confia ser possível se recuperar do prejuízo e voltar do Mineirão com a vaga na final. "Temos um time ofensivo, que pode desequilibrar em qualquer partida. É pensar nas nossas estratégias para surpreender todo o esquema defensivo do Cruzeiro", comentou Moisés.

O Palmeiras está em Belo Horizonte desde a noite de domingo e encerrou a preparação com um treino secreto no CT do América. O Cruzeiro também escolheu o mistério e trabalhou com os portões fechados. O técnico Mano Menezes mantém a dúvida as presenças dos meias Thiago Neves e Arrascaeta, por problemas físicos. O único desfalque confirmado é do lateral-direito Edilson, que foi expulso no jogo de ida e vai dar lugar esta noite a Lucas Romero.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO X PALMEIRAS

CRUZEIRO: Fábio, Lucas Romero, Dedé, Léo e Egídio, Lucas Silva, Henrique, Robinho, Arrascaeta, Thiago Neves e Barcos. Técnico: Mano Menezes

PALMEIRAS: Weverton, Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Moisés; Willian, Dudu e Borja. Técnico: Luiz Felipe Scolari

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)

Horário: 21h45

Local: Mineirão

Na TV: Fox Sports 2 e SporTV 2

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.