Alex Silva / Estadão Conteúdo
Alex Silva / Estadão Conteúdo

Palmeiras quer mais reforços, mas espera reduzir elenco para 2018

Meta de Roger Machado é trabalhar com 31 jogadores. Atualmente, o elenco conta com 36 jogadores

O Estado de S.Paulo

20 de dezembro de 2017 | 07h00

O planejamento do Palmeiras consiste em ter um elenco para 2018 com 31 jogadores, sendo quatro deles goleiros. No momento, porém, são 36 jogadores que deverão se apresentar ao técnico Roger Machado no início do ano, sem contar possíveis novos reforços. Três jogadores já sabem que dificilmente ficarão no clube. 

+ João Pedro aproveita possível saída de Fabiano para ser utilizado no Palmeiras

São os casos do lateral-direito Fabiano, do meia Hyoran e do atacante Róger Guedes. Os três devem ser utilizados como moeda de troca em possíveis negociações ou até mesmo serem vendidos. Além disso, outros três reforços podem chegar nos próximos dias. 

O lateral-direito Rafinha, do Bayern de Munique-ALE, o meia Gustavo Scarpa e o atacante Ricardo Goulart ainda podem chegar e aumentar o elenco. Em relação ao time desta temporada, cinco jogadores que estavam emprestados deverão ser aproveitados, pelo menos no início do trabalho de Roger. Casos do zagueiro Thiago Martins, do lateral João Pedro, o lateral-esquerdo Victor Luis, o meia Allione e o atacante Artur. 

+ Clubes paulistas avançam no planejamento para 2018

Além disso, chegaram o goleiro Weverton, o zagueiro Emerson Santos, o lateral-esquerdo Diogo Barbosa e o meia Lucas Lima. Por enquanto, o clube já acertou as saídas do goleiro Vinícius Silvestre (Ponte Preta), do lateral-esquerdo Egídio (Cruzeiro), o volante Arouca (Atlético-MG) e o atacante Erik (Atlético-MG). 

Tudo o que sabemos sobre:
Palmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.