Mailson Santana/Fluminense
Mailson Santana/Fluminense

Pedro diz que campo atrapalhou, mas reconhece erros do Flu em derrota para o Goiás

Tricolor estreia no Brasileirão com derrota para o time goiano, por 1 a 0

Redação, Estadão Conteúdo

28 de abril de 2019 | 23h10

Apesar do maior volume de jogo, o Fluminense perdeu para o Goiás por 1 a 0, neste domingo, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Na saída do campo, o atacante Pedro, xodó da torcida, comentou sobre o resultado e a forte chuva que atrapalhou o time no segundo tempo.

"Infelizmente a chuva atrapalhou bastante. O campo ficou muito pesado e não conseguimos acelerar as jogadas e trocar os passes que estamos acostumados. Mas isso não pode ser usado como desculpa. Os dois times foram prejudicados", disse o centroavante, que fez o seu terceiro jogo consecutivo após grave lesão no pé direito.

Pedro ainda reconheceu o futebol abaixo do esperado do Fluminense e falou em reabilitação já na próxima semana. "Sabemos que ficamos devendo. Não conseguimos propor o jogo como estamos acostumados. Agora é buscar a reabilitação", concluiu.

Luciano, que perdeu pênalti no primeiro tempo - o goleiro Tadeu defendeu no canto esquerdo -, também lamentou o resultado. "Resultado ruim e triste por ter perdido o pênalti. Agora não pode abaixar a cabeça", disse o jogador, que vem sendo observado pelo Sporting Lisboa, de Portugal.

O Fluminense perdeu por 1 a 0 com gol de Rafael Vaz, ex-zagueiro do Flamengo. O duelo foi marcado pelo uso do VAR (árbitro de vídeo), que anulou um gol do time carioca, além da queda de energia que paralisou o duelo por 24 minutos. Justamente na hora da cobrança do pênalti.

Agora o Fluminense pensa na segunda rodada do Brasileirão. Nesta quinta-feira, às 19h15, o time vai enfrentar o Santos, no estádio da Vila Belmiro, em Santos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.