Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Presidente do Atlético-PR detona juiz após derrota para o Santos: 'Vergonha'

Luiz Sallim Emed fica na bronca com pênalti marcado pelo árbitro nos acréscimos do duelo

O Estado de S.Paulo

30 Setembro 2018 | 20h17

Presidente do Atlético-PR, Luiz Sallim Emed não poupou críticas à arbitragem após a derrota para o Santos, por 1 a 0, neste domingo, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro. Em entrevista após o jogo ao canal Premiere, do SporTV, o dirigente se mostrou indignado com o pênalti marcado nos acréscimos para o adversário, que acabou definindo o resultado da partida. 

Sallim colocou em dúvida a lisura do árbitro Caio Max Augusto Vieira, que assinalou a penalidade após choque do atleticano Rony com o santista Dodô. "Como é que escalam um juiz desses? Sem preparo, competência... eu até coloco em dúvida a honestidade dele", afirmou o dirigente à beira do gramado. "Não dá para aceitar. É uma vergonha."

O mandatário do clube paranaense também aproveitou a oportunidade para atacar a CBF, que organiza o Brasileirão. Sallim criticou a forma com que Rogério Caboclo foi eleito novo presidente da entidade, em março deste ano (ele assume o posto apenas em abril de 2019), e questionou a situação dos presidentes antigos da confederação, acusados de envolvimento com casos corrupção. 

O dirigente, porém, cometeu uma gafe ao dizer que os três últimos ex-presidentes da CBF "estão todos presos". Na realidade, apenas José Maria Marin cumpre pena por corrupção no escândalo da Fifa, nos Estados Unidos, diferentemente de Marco Polo del Nero e Ricardo Teixeira. "É lamentável o que está acontecendo na CBF", completou.

O zagueiro Paulo André foi outro rubro-negro a criticar a atuação do árbitro. "Ele não pode fazer o que ele fez. É evidente que ele está pressionado e acha que deve ajudar o time da casa", atacou. "O que ele fez foi uma piada, e o quinto árbitro fica igual um poste atrás do gol, vê o lance de frente e não interfere. Assim fica difícil."

Após perder para o Santos na Vila Belmiro, o Atlético-PR volta a entrar em campo pelo Brasileirão no próximo sábado, às 16h, contra o América-MG, na Arena da Baixada.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.