Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Richarlison treina com bola e está liberado para a estreia da seleção brasileira

Atacante se recuperou de entorse no tornozelo esquerdo e está à disposição de Tite para o duelo contra a Bolívia

Ricardo Magatti, O Estado de S.Paulo

07 de outubro de 2020 | 12h04

Richarlison foi liberado para participar dos treinos junto com o restante do grupo da seleção brasileira, na Granja Comary, em Teresópolis, região serrana do Rio de Janeiro. O atacante do Everton se recuperou de um entorse no tornozelo esquerdo e está à disposição de Tite para a estreia nas Eliminatórias da Copa de 2022 diante da Bolívia, na próxima sexta-feira, às 21h30. Sem limitações, o jogador fez a primeira atividade com bola na manhã desta quarta-feira e está confirmado para o trabalho da tarde.

Quem comandou o treinamento nesta manhã foi o preparador físico Fábio Mahseredjian, enquanto o médico Rodrigo Lasmar e o fisioterapeuta Ricardo Sasaki acompanhavam a atividade de perto. Richarlison fez diversos movimentos de aceleração, rotação, saltos e deslocamentos laterais antes de finalizar o trabalho com chutes a gol.

O atacante está livre do problema no tornozelo após ter sofrido uma entrada dura na vitória do Everton por 4 a 2 sobre o Brighton no último sábado, pela quarta rodada do Campeonato Inglês. Na ocasião, o brasileiro caiu no gramado gritando de dor e chorando. A lesão, porém, não foi grave e, como não se queixou mais de dores, Richarlison está apto para jogar.

"Ele se apresentou ainda com um pouco de desconforto no tornozelo, também vindo de uma viagem longa. Esses dois dias foram importantes para que a gente pudesse recuperar melhor o atleta. Ele trabalhou muito bem hoje pela manhã, não relatou nenhuma queixa, se sentiu muito bem e isso nos dá uma condição de evoluir e liberá-lo para treinar juntamente com o grupo", explicou o médico Rodrigo Lasmar.

Richarlison estará em campo novamente no treinamento marcado para as 15h30 desta quarta-feira. Tite comandará a última atividade deste período na Granja Comary. No trabalho de terça, o treinador esboçou a possível escalação para o jogo contra a Bolívia. Em treino sem goleiros no gramado, ele indicou que deve escalar a seguinte formação: Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi; Casemiro e Bruno Guimarães; Everton Cebolinha, Philippe Coutinho e Neymar; Roberto Firmino.

Ainda nesta noite, a delegação da seleção brasileira embarca para São Paulo para a estreia nas Eliminatórias Sul-Americanas. Brasil e Bolívia se enfrentam na Neo Química Arena, onde a equipe treinará na quinta-feira, véspera da partida. Depois do confronto com os bolivianos, a seleção terá pela frente o Peru, em Lima, na terça-feira, pela segunda rodada das Eliminatórias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.