Delfim Vieira / Agência Estado
Delfim Vieira / Agência Estado

Ronaldinho detalhará despedida em março e diz que se despede do 'maior sonho'

Craque relembra grandes momentos da carreira em postagem no instagram

Estadão Conteúdo

18 Janeiro 2018 | 12h18

Agora oficialmente aposentado do futebol, Ronaldinho Gaúcho divulgou uma mensagem em que celebra a sua carreira, exibindo gratidão e felicidade pelos grandes momentos que viveu, e explicando quais serão os seus próximos passos. Em março, ele revelará os detalhes dos seus jogos de despedida do futebol, como havia indicado Assis, ex-jogador e empresário do craque ao revelar a aposentadoria do seu irmão.

+ Neymar reverencia Ronaldinho Gaúcho: "Você deixou um legado"

+ Pelé homenageia Ronaldinho: 'Você trouxe um sorriso no rosto de todos'

"No mês de março faremos um anúncio de como será esta despedida e os próximos passos. Por enquanto, aqui vai meu muito obrigado. Aquela frase famosa 'gracias vieja' por ser a minha fonte de inspiração por tanto tempo e companheiros de muitas vitórias. Obrigado a todos pelas mensagens e carinho! Um abraço forte, fui muito feliz fazendo deste esporte a minha vida e profissão", escreveu Ronaldinho em seu perfil no Instagram, citando as palavras de agradecimento à bola que ficaram eternizadas em declarações da lenda Alfredo di Stéfano, que faleceu em 2014.

Ronaldinho, de 37 anos, foi escolhido o melhor jogador do mundo em 2004 e 2005, e não atua profissionalmente por um clube desde 2015, quando passou pelo Fluminense. De acordo com recentes declarações de Assis, a sua despedida deve rodar o mundo em jogos após a disputa da Copa do Mundo. E, em sua publicação, o craque campeão mundial em 2002 pela seleção brasileira relembrou os momentos que viveu.

"Após quase três décadas dedicadas ao futebol, me despeço do meu maior sonho, sonho realizado Fiz o que mais amei profissionalmente por 20 anos, e dez como formação de base. Vivi intensamente este sonho de criança, cada instante, viagens, vitórias, derrotas, a resenha, hino nacional, a caminhada no túnel, vestiário, entrada em campo, as chuteiras que usei, as bolas boas e ruins, homenagens que ganhei, os craques que joguei, os que admirei e joguei e os que só joguei no play, mas admiro até hoje! Enfim tudo foi incrível! Meu pai e minha família me apoiaram muito pra chegar até aqui, foi um trabalho em equipe. Chegamos ao fim da primeira etapa com uma história bonita pra contar", escreveu.

Em uma carreira recheada de êxitos, o habilidoso meia passou pelo Grêmio, onde iniciou no futebol, e também passou por Paris Saint-Germain, Barcelona, onde se consagrou como um dos maiores nomes da sua história, Milan, Flamengo, Atlético Mineiro, time onde viveu os últimos grandes momentos no futebol, Querétaro e Fluminense, além da seleção brasileira.

 

Obrigado Sr. meu Deus, por esta vida que me deste, família, amigos e minha primeira profissão!!! Após quase três décadas dedicadas ao futebol, me despeço do meu maior sonho, sonho realizado!!! Fiz o que mais amei profissionalmente por 20 anos, e 10 como formação de base. Vivi intensamente este sonho de criança, cada instante, viagens, vitórias, derrotas, a resenha, hino nacional, a caminhada no túnel, vestiário, entrada em campo, as chuteiras que usei, as bolas boas e ruins, homenagens que ganhei, os craques que joguei, os que admirei e joguei e os que só joguei no play, mas admiro até hoje! Enfim tudo foi incrível!!! Meu pai e minha família me apoiaram muito pra chegar até aqui, foi um trabalho em equipe. Chegamos ao fim da primeira etapa com uma história bonita pra contar… Vocês me conhecem, e sabem bem que sou tímido e não tenho o costume de falar muito, mas tenho que dizer a vocês muito obrigado, de coração, de alma lavada, pois fiz o que amo com a ajuda de todos, treinadores, preparadores, comissões inteiras, dirigentes, torcida a favor e contra, o motorista do ônibus, o roupeiro, o gandula, o árbitro e a imprensa. Obrigado, construímos juntos esta história, sem vocês nada seria possível… No mês de março faremos um anúncio de como será esta despedida e os próximos passos. Por enquanto, aqui vai meu muito obrigado ⚽. Aquela frase famosa “gracias vieja” por ser a minha fonte de inspiração por tanto tempo e companheiros de muitas vitórias!!! Obrigado a todos pelas mensagens e carinho!!! Um abraço forte, fui muito feliz fazendo deste esporte a minha vida e profissão.

Uma publicação compartilhada por Ronaldo de Assis Moreira (@ronaldinho) em

No seu currículo, Ronaldinho tem um título gaúcho, um da Copa Sul, dois do Campeonato Espanhol, dois da Supercopa da Espanha, um da Liga dos Campeões da Europa, um do Campeonato Italiano, um do Campeonato Carioca, um mineiro, um da Copa Libertadores, um da Recopa Sul-Americana, além de conquistas da Copa do Mundo, da Copa das Confederações e da Copa América pela seleção brasileira.

"Vocês me conhecem, e sabem bem que sou tímido e não tenho o costume de falar muito, mas tenho que dizer a vocês muito obrigado, de coração, de alma lavada, pois fiz o que amo com a ajuda de todos, treinadores, preparadores, comissões inteiras, dirigentes, torcida a favor e contra, o motorista do ônibus, o roupeiro, o gandula, o árbitro e a imprensa. Obrigado, construímos juntos esta história, sem vocês nada seria possível", concluiu o craque, agora aposentado.

Mais conteúdo sobre:
futebol Ronaldinho Gaúcho

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.