Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Santistas lamentam derrota na Vila Belmiro, mas não desistem da luta pelo título

Alvinegro fica nove pontos atrás do Corinthians com revés por 2 a 1 para o cruzmaltino

Estadão Conteúdo

09 Novembro 2017 | 00h30

A derrota de virada em casa para o Vasco, nesta quarta-feira, no estádio da Vila Belmiro, foi desastrosa para as pretensões do Santos na luta pelo título do Campeonato Brasileiro. De segundo colocado a seis pontos do líder Corinthians (62 a 56) antes desta 33.ª rodada, a vantagem aumentou para nove (65 a 56) e a equipe caiu para o terceiro lugar, sendo ultrapassado pelo Grêmio.

Na saída do campo, os jogadores lamentaram o resultado adverso, mas não desistiram da luta pelo título do Brasileirão, mesmo faltando apenas cinco rodadas para o final. "Infelizmente não fizemos o dever de casa hoje (quarta-feira), que era fundamental para essa reta final. Fica complicado com a vitória deles (Corinthians), abrem nove pontos. Mas não dá para desistir. Vamos brigar até o final nesses últimos nesses cinco jogos", afirmou o experiente volante Renato.

O zagueiro David Braz deu crédito ao Vasco pela vitória na Vila Belmiro. "Mérito do Vasco. Acertaram dois belos chutes, coisas do futebol. Quando as equipes vem enfrentar o Santos, procuram ficar atrás. Jogamos bem, mas o Vasco foi feliz", disse.

O Santos volta a campo somente na próxima segunda-feira, pela 35.ª rodada. Enfrentará a Chapecoense, às 20 horas, na Arena Condá, em Chapecó (SC).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.