Ivan Sorti/Santos FC
Ivan Sorti/Santos FC

Santos pega São Bento e mira 2ª vitória para diminuir cobranças antes de clássico

Partida marcará a estreia do venezuelano Yeferson Soteldo pelo time alvinegro

Leandro Silveira, O Estado de S.Paulo

24 Janeiro 2019 | 04h31

O Santos entra em campo nesta quinta-feira para o seu segundo compromisso no Campeonato Paulista para tentar mostrar que o clima de cobrança neste início de temporada pela falta de reforços pode ficar para trás. Após superar a Ferroviária por 1 a 0 na estreia, o time agora visita o São Bento, às 19h15, no Estádio Walter Ribeiro, para ampliar o seu bom começo na competição, em jogo que deve marcar a estreia do venezuelano Yeferson Soteldo.

Sob desconfiança para a temporada em função da perda de nomes como Dodô e Gabriel, o Santos ainda viu o técnico Jorge Sampaoli manifestar publicamente a sua insatisfação pela falta de contratações. E ficou ainda mais irritado ao perder mais uma peça importante nesta semana, o atacante Bruno Henrique, que se transferiu ao Flamengo.

Em campo, porém, o Santos respondeu bem. Além de ter empatado um clássico amistoso com o Corinthians em que atuou melhor do que o adversário, venceu a Ferroviária no último sábado, dando alguma tranquilidade a Sampaoli e, principalmente, aos dirigentes na busca por mais reforços - até agora, só foram oficializados Soteldo e o colombiano Felipe Aguilar, que ainda não foi regularizado.

O confronto com o São Bento também será o último do Santos antes de seu primeiro clássico no Paulistão, pois no domingo o time vai encarar o São Paulo, no Pacaembu. E será, portanto, um importante teste para alguns jogadores e mesmo para a formação que será a mesma da estreia.

Afinal, as chegadas de Soteldo e Aguilar se deram com o aval de Sampaoli, o que os leva a largar na frente na briga pela titularidade. Assim, esse pode ser o último jogo em que Gustavo Henrique e Luiz Felipe formem a dupla de zaga. Já a dupla de centroavantes deverá ser desfeita para a entrada de Soteldo, que chegou após se destacar no futebol do Chile e ficará com a vaga de Yuri Alberto. E ele terá a companhia de Felippe Cardoso no ataque.

Além disso, Sampaoli vai repetir a aposta em Jean Mota na organização das jogadas. E o meia se destacou na estreia ao marcar o único gol do time contra a Ferroviária. Agora, então, trabalha para se firmar no time, depois de quase trocar de clube nas últimas semanas.

"Vim para dar meu melhor, trabalhar, porque tinha que estar bem quando oportunidade chegasse. Não sei do meu futuro, tenho contrato de quatro anos, quero fazer nova história no Santos no ano de 2019. Não sei o que vai acontecer, mas estou muito feliz. Espero continuar e dar alegrias ao torcedor do Santos", disse.

Após o empate por 1 a 1 com o Botafogo em Ribeirão Preto, o São Bento está confiante que pode se dar bem no Paulistão. Até por isso, o técnico Marquinhos Santos vai repetir a escalação para o compromisso em casa, com Ewerton Páscoa formando a dupla de zaga com Diego Ivo. No gol, está confirmada a permanência de Renan. O experiente Henal segue na reserva.

A preocupação de Marquinhos Santos é com as jogadas aéreas do Santos. "Tivemos a bola aérea ofensiva, mas tivemos dificuldades na bola aéreas defensiva", avaliou o treinador do São Bento, em referência ao primeiro jogo do seu time no Paulistão.

FICHA TÉCNICA:

SÃO BENTO x SANTOS

SÃO BENTO: Renan; Éverton Silva, Ewerton Páscoa, Diego Ivo e Marcelo Cordeiro; Paulinho, Fábio Bahia, João Paulo e Alex Maranhão; Henan e Alecsandro. Técnico: Marquinhos Santos.

SANTOS: - Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Orinho; Alison, Diego Pituca, Carlos Sánchez e Jean Mota; Felippe Cardoso e Soteldo. Técnico: Jorge Sampaoli.

ÁRBITRO: Thiago Duarte Peixoto.

HORÁRIO: 19h15.

LOCAL - Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.