Rubens Chiri/Divulgação
Rubens Chiri/Divulgação

São-paulinos afirmam que vitória comprova evolução do time

Segundo jogadores, sequência anterior de empates 'escondia' desempenho do time nos jogos do Brasileiro

O Estado de S. Paulo

28 de maio de 2018 | 11h00

O distante Al-Gharafa, do Catar, tem ajudado o São Paulo a viver o bom momento no Campeonato Brasileiro. Foi no time do Oriente Médio em 2014 que o técnico Diego Aguirre e o atacante Nenê se conheceram, trabalharam juntos e criaram uma boa relação, mantida até os dias atuais. Essa parceria tem sido importante para a equipe na competição, como foi no domingo, na vitória por 3 a 1 sobre o América-MG, em Belo Horizonte.

+ Parceria formada no Catar ajuda o São Paulo

+ Tabela do Campeonato Brasileiro 2018

O jogador fez dois gols, participou da jogada de outro e recebeu elogios do treinador uruguaio durante a entrevista coletiva. "Tento analisar os jogadores pelo rendimento, pelo que correm dentro de campo. Temos que lembrar que o Nenê é um jogador de alto nível. Ele jogou no PSG e com jogadores de alta qualidade. Tive sorte de trabalhar com ele nos países árabes. É um jogador que tem a minha confiança", comentou.

Aguirre e Nenê trabalharam juntos em 2014 no Al-Gharafa. O uruguaio ganhou chance no comando da equipe como substituto de Zico e deixou o cargo no início do ano seguinte para atender o convite do Inter. No time gaúcho, foi seminalista da Libertadores. Já o atacante, fico no clube catariano entre 2013 e 2015, quando se transferiu para o West Ham.

Nenê atuou em todas as 15 partidas do time sob o comando de Aguirre. Fora celebrar a confiança do uruguaio, o atacante destacou o momento positivo do São Paulo. "Estamos no caminho certo. Temos que ter os pés no chão. Estamos nos entrosando mais, podemos conquistar coisas importantes. Esse é o caminho. O grupo está tendo uma união incrível", disse em entrevista ao canal SporTV.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.