Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

São Paulo vira sobre o Red Bull e decide vaga na semi em casa contra o São Caetano

Partida marcada por protesto do lado de fora foi a primeira depois da saída de Dorival Junior

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

11 Março 2018 | 18h53

O São Paulo venceu o Red Bull por 3 a 1 no primeiro jogo após a saída de Dorival Junior do comando técnico da equipe e terminou a primeira fase do Paulistão em 1º lugar do grupo B. Com o interino André Jardine, o time foi a campo com várias novidades, mas demorou até conseguir se impor em casa. Após um primeiro tempo cheio de erros, voltou mais organizado para a segunda etapa e conseguiu a virada.

Jardine revela 'sugestões' de Aguirre para vitória do São Paulo sobre o Red Bull

São-paulinos fazem 'marcha fúnebre' contra Leco e gestões anteriores no Morumbi

Como já estava classificado para as quartas de final do Paulistão para enfrentar o São Caetano, vice-líder do grupo, Jardine resolveu poupar alguns jogadores. Militão, Cueva e Hudson nem foram relacionados; e Rodrigo Caio, Valdívia, Marcos Guilherme e Brenner estavam no banco. Por ter terminado a fase de grupos em 1º, o São Paulo decidirá a vaga na semi do Estadual em casa.

Com Bruno e Júnior Tavares, Jardine montou um time mais ofensivo pelas laterais, mas perdeu em defesa. O preço veio já na primeira etapa. No meio-campo, muitos erros de passes e muita bola recuada irritaram as esvaziadas arquibancadas no Morumbi. Ao fim do primeiro tempo, vaias para o time e um empate amargo por 1 a 1. A história mudou no segundo tempo, quando o São Paulo voltou mais ofensivo e criativo no meio campo, com Valdívia e Marcos Guilherme. A virada veio sem sustos com gols de Arboleda e Marcos Guilherme.

O jogo foi marcado pela "marcha fúnebre" de torcedores do São Paulo do lado de fora do estádio. Eles protestaram contra a gestão de Carlos Augusto de Barros e Silva e de outros dirigentes, e pediam mais comprometimento do atletas. Cerca de 200 pessoas participaram da manifestação, de acordo com a Polícia Militar. Eles não entraram no estádio, que teve baixo público registrado: 9.226 presentes.

Recém-contratado para comandar a equipe, o uruguaio Diego Aguirre assistiu ao jogo no Morumbi. Ele será apresentado nesta segunda como novo treinador da equipe.

O JOGO

O Red Bull precisou de apenas 8 minutos para abrir o placar após lambança do goleiro Jean com os pés. Eder Luis achou Edmílson na área e o atacante marcou para os visitantes. O São Paulo pressionava, mas as melhores chances pararam no goleiro Júlio César.

Aos 31, Nenê fez boa jogada pela direita e tentou cruzar para Tréllez na área. No meio do caminho, a bola desviou em Nininho, que marcou contra. Empate tricolor. Poucos minutos depois, Tréllez ainda teve chance de empatar, mas desperdiçou. Ao fim do primeiro tempo, vaias da torcida.

Com Marcos Guilherme e Valdívia em campo, o São Paulo ganhou em criatividade e velocidade no setor ofensivo e isso fez a diferença. A virada veio na bola parada. Pela esquerda, Nenê cobrou e Arboleda marcou de cabeça, aos 22. Quatro minutos depois, Valdívia cruzou por cima da zaga para Marcos Guilherme fechar o placar a favor dos mandantes.

FICHA TÉCNICA

São Paulo 3 x 1 Red Bull Brasil

São Paulo: Jean; Bruno, Aderllan, Arboleda e Júnior Tavares; Petros, Pedro (Liziero), Nene e Diego Souza; Tréllez (Marcos Guilherme) e Caíque (Valdívia). Técnico: André Jardine.

Red Bull Brasil: Julio César; Nininho, Anderson Marques, Tiago Alves e Breno Lopes; André Castro, Rayner (Doriva) e Thomaz (Matheus Oliveira); Claudinho, Edmilson (Tatá) e Eder Luis. Técnico: Ricardo Catalá. 

Gols: Edmílson, aos 8, e Nininho (contra), aos 31 do 1º tempo; Arboleda, aos 22, e Marcos Guilherme, aos 26 do 2º tempo

Juiz: Leandro B. Marinho. 

Amarelos: Pedro, Rayner e Nininho.

Público total: 9.226.

Renda: R$ 229.340,00.

Local: Morumbi.

CORINTHIANS

Em busca da melhor campanha da primeira fase do Paulistão, o Corinthians visitou o Botafogo-SP em Ribeirão Preto e derrotou o adversário por 2 a 0. Os gols foram marcados por dois defensores: Henrique, aos quatro, e Gabriel, aos 39 minutos do segundo tempo. A equipe comandada por Fábio Carille encara o Bragantino na próxima fase pelo sistema de mata-mata, com o segundo duelo realizado na Arena Corinthians.

Clique aqui para ler o texto completo.

PALMEIRAS

O Palmeiras visitou o Ituano neste domingo, superou os adversários por 3 a 0 e garantiu a melhor campanha da primeira fase do Campeonato Paulista. O destaque ficou por conta de Gustavo Scarpa, que acertou dois belos chutes epara marcar seus primeiros gols com a camisa alviverde. O time de Roger Machado terá pela frente o Novorizontino, com o segundo jogo previsto para acontecer no Allianz Parque.

Clique aqui para ler o texto completo.

SANTOS

Na última rodada do Campeonato Paulista-2018, o Santos recebeu o São Bento na Vila Belmiro e acabou tropeçando para os adversários de Sorocaba por 3 a 1. Mesmo com a derrota, a equipe comandada por Jair Ventura conseguiu garantir a classificação para a próxima fase, em que vai enfrentar o Botafogo-SP.

Clique aqui para ler o texto completo.

Mais conteúdo sobre:
São Paulo Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.