Matt Dunham/AP
Matt Dunham/AP

Simeone é suspenso pela Uefa por quatro jogos e perderá a final da Liga Europa

Técnico argentino foi punido por seu comportamento na primeira partida na semifinal da Liga Europa, contra o Arsenal

Estadão Conteúdo

04 Maio 2018 | 15h38

A Uefa anunciou nesta sexta-feira a suspensão do técnico Diego Simeone por quatro partidas das competições continentais. O argentino foi punido por seu comportamento na semifinal da Liga Europa, contra o Arsenal, e por isso não poderá ficar no banco do Atlético de Madrid na decisão do torneio.

+ Simeone comemora classificação das tribunas e destaca força do novo estádio

Simeone foi julgado por conduta imprópria e insultar o árbitro, após ofender duramente o francês Clément Turpin no empate por 1 a 1 com o Arsenal na ida da semifinal, em Londres. Na ocasião, o argentino se mostrou extremamente irritado com a expulsão de Vrsaljko logo nos primeiros minutos de jogo e acabou expulso.

No confronto de volta, na última quinta, em Madri, Simeone cumpriu o primeiro jogo da suspensão e viu o Atlético se classificar à decisão ao derrotar o Arsenal por 1 a 0. Após a partida, o técnico disse que "sentiu o que os torcedores sentem" ao ficar nas tribunas do estádio Wanda Metropolitano.

A tendência é que o Atlético entre com recurso junto à Uefa na próxima semana. Caso não consiga reverter a pena, Simeone será impedido de entrar até no vestiário do time na final do dia 16 de maio, diante do Olympique de Marselha, em Lyon. Ele ainda será obrigado a pagar uma multa de 10 mil euros (cerca de R$ 42 mil).

Vale lembrar que, se mantida, a suspensão será levada também para a próxima temporada. Como ele terá cumprido apenas duas partidas, poderá ficar de fora até de uma possível decisão de Supercopa da Europa, caso o Atlético de Madrid leve a Liga Europa, diante do vencedor da Liga dos Campeões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.