Peter Nicholls/Reuters
Peter Nicholls/Reuters

Tottenham volta a tropeçar e pode ficar mais longe dos líderes do Inglês

Equipe de Londres não passa de empate em casa e deve ficar ainda mais distante dos líderes da competição

Redação, Estadão Conteúdo

09 de novembro de 2019 | 14h34

O Tottenham voltou a tropeçar no Campeonato Inglês ao só empatar com o Sheffield, em casa, por 1 a 1, neste sábado, em duelo válido pela 12.ª rodada, e corre o risco de se distanciar ainda mais dos líderes da competição, que ainda vão jogar no fim de semana.

Com o resultado, o time de Londres, que jogou em casa, chegou aos 14 pontos, contra 31 do Liverpool, primeiro colocado, que joga neste domingo, diante do Manchester City, que tem 25. O Sheffield, com 17, mantém a boa campanha na temporada.

O Tottenham só abriu o placar aos 13 minutos do segundo tempo, com o coreano Son Heung-Min, ao aproveitar falha da zaga do Sheffield. O empate veio aos 33 minutos, com George Baldock, ao demonstrar oportunismo no meio da zaga adversária.

Com um gol do brasileiro Richarlison, o Everton foi até Southampton e venceu o clube da cidade por 2 a 1. Os três pontos foram importantes para afastar o time de Liverpool da zona de rebaixamento. Os donos da casa voltaram a decepcionar seus torcedores e continuam com apenas oito pontos, em penúltimo lugar.

O Everton abriu o placar logo aos quatro minutos, com Tom Davies, de cabeça. Danny Ings aproveitou cruzamento da direita e empatou, aos cinco da segunda etapa. Em lance semelhante, Richarlison garantiu o triunfo do Everton, aos 33 minutos.

Newcastle e Burnley aproveitaram o fator campo e venceram. O primeiro bateu o Bournemouth por 2 a 1, de virada. Henry Wilson abriu o placar, aos 14 minutos, após bonita jogada ensaiada. DeAndre Yedlin, aos 42, de cabeça, e Ciaran Clark, aos dez do segundo, garantiram os três pontos para o time da casa. O Newcastle chegou aos 15 pontos, enquanto o Bournemouth soma um ponto a mais.

O triunfo do Burnley por 3 a 0 sobre o West Ham foi mais tranquilo, graças às falhas da equipe visitante. Ashley Barnes abriu o placar, após cobrança de escanteio e bobeada de todo o setor defensivo do West Ham.

O segundo gol saiu aos 44 minutos, depois de roubada de bola. Chris Wood aproveitou cruzamento da esquerda e fez 2 a 0. O terceiro gol saiu após escanteio - o goleiro Roberto empurrou a bola para a sua própria meta, aos nove da segunda etapa.

O Burnley chegou aos 15 pontos, enquanto o West Ham, com 13, faz campanha decepcionante e já flerta com a zona de rebaixamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.