Rui Vieira / AP
Rui Vieira / AP

Uefa não reagenda jogo entre Tottenham e Rennes e ingleses podem ser eliminados da Liga Conferência

Equipe londrina pode perder por 3 a 0 se entidade comprovar que os comandados de Antonio Conte tinham condições de jogar a partida na última quinta-feira

Redação, Estadão Conteúdo

11 de dezembro de 2021 | 14h40

A Uefa anunciou, neste sábado, que a partida entre Tottenham e Rennes, pela Liga Conferência, não será reagendada. Os dois times se enfrentariam na última quinta-feira pela, mas a partida foi cancelada em função dos casos de covid-19 que acometeram 13 pessoas do clube londrino, entre jogadores e integrantes do staff da equipe. A entidade tomou a decisão depois de não conseguir encontrar uma data viável para a realização do confronto. 

A situação, agora, será encaminhada para Órgão de Controle, Ética e Disciplina da Uefa para saber como será definido o resultado da partida e a distribuição de pontos entre as equipes.

A Uefa espera concluir a questão o mais rápido possível. O impasse está em saber quantos jogadores, de fato, o Tottenham teria à disposição para a partida. Pela regra, um jogo será cancelado se uma equipe não tiver, ao menos, 13 jogadores de linha e um goleiro em condições de jogo. Se a entidade entender que os ingleses tinham como jogar, a equipe de Antonio Conte deverá perder por w.o e ser eliminada da competição. 

“De acordo com o Anexo J dos regulamentos da Liga Europa Conference, a Uefa, em cooperação com os dois clubes, tentou encontrar uma solução viável para reagendar a partida, de modo a garantir que a fase de grupos pudesse ser concluída em conformidade. Infelizmente, apesar de todos os esforços, não foi encontrada uma solução que funcionasse para os dois clubes”, afirmou a Uefa em declaração.

Na noite da última quarta-feira, às vésperas do jogo, a direção do Tottenham informou que não entraria em campo por conta de casos positivos de covid-19 na equipe. 

A equipe francesa, contudo, acusou os ingleses de tomarem uma ‘decisão unilateral’. Em comunicado também emitido na quarta, o Rennes salientou que o Tottenham não quis anunciar, propositalmente, o número de jogadores contaminados para não invalidar a sua decisão. Pela regra, um jogo será cancelado se uma equipe não tiver à disposição, ao menos, 13 jogadores de linha e um goleiro. 

Marcado para este domingo, o jogo contra o Brighton, pelo Campeonato Inglês, também não vai mais acontecer. O confronto deverá ser reagendado pela Premier League, entidade responsável pela liga. Na temporada passada, a direção do Inglês precisou remarcar seis partidas devido a surtos de covid-19 nos clubes.

Sem jogar a última partida da Liga Conferência, o Tottenham se encontra atualmente na terceira colocação do Grupo G, com sete pontos, três atrás do Vitesse, segundo colocado. Com 11 pontos e líder da chave, o Rennes já está classificado para a próxima fase.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.