Martin Bernetti/AFP Photo
Martin Bernetti/AFP Photo

Uruguai desembarca na Rússia após 15 horas de viagem e segue para CT em Borsky

Equipe sul-americana estreia na competição contra o Egito, na sexta-feira

Estadão Conteúdo

10 Junho 2018 | 13h58

A delegação do Uruguai desembarcou neste domingo no Aeroporto Internacional de Nijni Novgorod, na Rússia, após 15 horas de viagem. Seleção e comissão técnica uruguaias seguiram para o Centro de Treinamento de Borsky, que fica a 20 quilômetros do local onde desembarcaram e onde vão se preparar para a estreia na Copa do Mundo.

+ Jesus e Coutinho exaltam capacidade do Brasil de furar a retranca da Áustria

+ Com crise diplomática no Catar, Fifa deve adiar plano de ter Copa com 48 seleções

+ Fifa aprova novos critérios para ranking de seleções, mas não sabe explicá-los

A chegada dos uruguaios à Rússia aconteceu às 18 horas do horário local (12h de Brasília), com direito a recepção de fãs russos, que disputaram a atenção dos atacantes Edinson Cavani e Luis Suárez, principalmente. De acordo com a Associação Uruguaia de Futebol (AUF), a viagem ocorreu sem contratempos.

Antes de embarcar para a Rússia, em Montevidéu, Cavani chegou a fazer uma publicação em sua página na rede social Twitter, na qual escreveu: "Chegou o dia de viajar à Rússia. Levamos conosco mais de 3 milhões de sonhos que junto aos nossos darão força a esta equipe para cada jogo, orgulhosos de sermos uruguaios". No caso, o jogador do Paris Saint-Germain fez referência ao número estimado de habitantes de seu país.

 

O Uruguai vai estrear no Mundial contra o Egito, na sexta-feira, em Ecaterimburgo. Também pelo Grupo A, a seleção uruguaia enfrentará a Arábia Saudita, no dia 20, em Rostov, e a Rússia, no dia 25, em Samara.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.