Fillippo Monteforte/AFP
Fillippo Monteforte/AFP

Confira cinco grandes momentos da Copa do Mundo de Rúgbi no Japão

Evento está sendo disputado pelas principais seleções do planeta e tem atraídos os holofotes do mundo

Redação, O Estado de S. Paulo

24 de setembro de 2019 | 21h56

A Copa do Mundo de Rúgbi está sendo disputada no Japão e o evento vem atraindo os holofotes do mundo todo. Desde que começou, na sexta-feira, nove partidas já foram disputadas com ótima presença de público nos estádios. O Brasil não está participando, mas as grandes potências estão presentes. Confira cinco grandes momentos do campeonato até agora.

1 - JAPÃO ESTREIA COM VITÓRIA

A seleção japonesa de rúgbi, anfitriã da Copa do Mundo, começou com o pé direito ao vencer a Rússia na primeira partida do evento. A vitória por 30 a 10 serviu para motivar o grupo de jogadores, que sabem que o duelo decisivo será contra a Escócia. Quem vencer deve garantir a classificação na chave.

2 - DUELO DE GIGANTES

A partida entre França e Argentina foi a mais equilibrada da Copa do Mundo até o momento. Os países se enfrentaram pelo Grupo C e os franceses levaram a melhor, ganhando por 23 a 21 em um confronto decidido nos detalhes. O resultado coloca muito pressão na Argentina para a partida contra a favorita Inglaterra.

3 - CLÁSSICO DE CAMPEÕES

Em um jogo que contou com cinco títulos em campo, a Nova Zelândia confirmou seu favoritismo ao superar a África do Sul por 23 a 13. Os All Blacks já venceram a Copa do Mundo em três oportunidades e os sul-africanos levantaram a taça duas vezes. Mas ao que tudo indica, as duas seleções devem avançar para a próxima fase no Grupo B.

4 - CRÍTICAS AOS ÁRBITROS

A polêmica da arbitragem não é uma exclusividade do futebol. Na Copa do Mundo de rúgbi os juízes estão recebendo diversas críticas por falta de critérios ou por punir com pouco rigor entradas violentas. Até a federação internacional da modalidade reconheceu que os problemas "não correspondem aos padrões estabelecidos".

5 - ESTÁDIO RECONSTRUÍDO

Fiji e Uruguai vão se enfrentar no estádio Kamaishi Recovery Memorial, que foi destruído após o terremoto e tsunami de 2011 no Japão. A arena foi reconstruída após esse triste episódio e vai receber a partida pelo Grupo D na Copa do Mundo de Rúgbi. A capacidade é para 16.187 torcedores, o menor estádio da competição.

Tudo o que sabemos sobre:
rúgbi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.