Jane Ross/Reuters
Jane Ross/Reuters

Kelly Slater anuncia que se aposentará do Circuito Mundial de Surfe em 2019

Norte-americano de 46 anos faz anúncio ao comentar aposentadoria de outro surfista, o australiano Joel Parkinson

Estadão Conteúdo

02 Julho 2018 | 17h34

Kelly Slater anunciou nesta segunda-feira que se aposentará do Circuito Mundial de Surfe no final da próxima temporada, em 2019. O surfista 11 vezes campeão do mundo, de 46 anos, tornou pública a decisão de maneira inusitada.

+  Gabriel Medina e Filipe Toledo vencem e avançam à 3ª rodada na África do Sul

A declaração foi feita durante uma entrevista à organização da etapa de Jeffreys Bay para comentar o anúncio da aposentadoria do australiano Joel Parkinson, de 37 anos. Horas antes do primeiro dia de disputas da etapa da África do Sul nesta segunda-feira, Parkinson, campeão do mundo em 2012, postou no Instagram que irá deixar as competições ao término do ano.

"Acho que ele começou a surfar em 1999. Nessa época eu já estava pensando na minha aposentadoria", brincou o maior surfista de todos os tempos. "Acho que vou fazer um anúncio também. Meu plano básico é me manter bem fisicamente, ficar pronto para abril do ano que vem (que é quando começa a temporada). E no próximo ano fazer minha última participação no Tour", revelou.

Slater voltou à competição nesta segunda-feira na África do Sul depois de um longo período afastado das competições por conta de uma lesão no pé direito, ocorrida em julho do ano passado. Curiosamente, a contusão aconteceu quando se preparava para a etapa de Jeffreys Bay. O surfista teve que passar por cirurgia, tentou retornar ao Tour no início do ano, mas voltou a sentir o problema.

Na volta às disputas, Slater ficou em terceiro na bateria da primeira fase que teve como classificado o japonês Kanoa Igarashi. O brasileiro Italo Ferreira terminou em segundo. O norte-americano agora enfrentará na repescagem o sul-africano Jordy Smith.

Slater é o principal vencedor do Circuito Mundial de Surfe. Ele se sagrou campeão nos anos de 1992, 1994, 1995, 1996, 1997, 1998, 2005, 2006, 2008, 2010, 2011. Em 2019, ele buscará a 12ª conquista.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.