Lucas Figueiredo / CBF
Lucas Figueiredo / CBF

Após bater Alemanha, seleção masculina treina só com reservas na Olimpíada de Tóquio

Próximo jogo da equipe de André Jardine será no domingo diante da Costa do Marfim

Redação, Estadao Conteudo

23 de julho de 2021 | 14h36

A ansiedade da estreia nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 passou. Após a vitória contra a Alemanha, a seleção de futebol masculino terá agora pouco tempo para treinamentos. A cada três dias, o time brasileiro entrará em campo. Por isso, a comissão técnica precisa aproveitar esses intervalos para recuperar bem os jogadores e corrigir os erros visando a sequência da disputa. Nesta sexta-feira, o treinador André Jardine comandou um trabalho técnico tático para os jogadores reservas e não relacionados no duelo contra os alemães.

Da equipe titular, apenas o goleiro Santos foi a campo. O trabalho aconteceu no Mitsuzawa Football Stadium e contou com Paulinho, Reinier, Malcom, Matheus Henrique, Bruno Fuchs, Ricardo Graça, Abner, Martinelli, Lucão e Brenno. A comissão técnica promoveu uma atividade específica para as finalizações e o refinamento de jogadas em velocidade.

Já os atletas que começaram o jogo contra a Alemanha ficaram no hotel sob os cuidados da fisioterapia, acelerando o processo de recuperação física para o próximo desafio.

"Aquela ansiedade para estrear já se foi. Agora é pensar jogo a jogo. Tentar aproveitar ao máximo o tempo e corrigir os erros. Fizemos um grande primeiro tempo, mas precisamos acertar algumas coisas para não sofrermos como no segundo. Fiquei feliz por poder ter entrado na partida. Emoção enorme de representar meu país numa Olimpíada. Agora teremos um jogo que exigirá muito da nossa parte física. Joguei com muitos jogadores da Costa do Marfim no futebol francês", comentou o atacante Malcom.

Neste sábado, André Jardine fará o único treino antes do jogo válido pela segunda rodada da fase de grupos. O Brasil entra em campo no domingo, às 5h30 (de Brasília), contra a Costa do Marfim, no estádio Internacional, em Yokohama. Em caso de vitória, a seleção antecipará a classificação às quartas de final. Os africanos também venceram na rodada de estreia - bateram a Arábia Saudita por 2 a 1.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.