Kai Pfaffenbach/Reuters
Kai Pfaffenbach/Reuters

Com dor no tendão, Serena Williams desiste de disputar Torneio de Roma

Tenista norte-americana ainda não confirmou presença em Roland Garros, no final de setembro

Redação, Estadão Conteúdo

12 de setembro de 2020 | 20h12

Dois dias após ser eliminada no US Open, Serena Williams anunciou neste sábado que não vai disputar o Torneio de Roma, na Itália. A ex-número 1 do mundo alegou dores no tendão esquerdo para ficar de fora do primeiro torneio da gira de saibro na Europa. Ela ainda não confirmou sua presença em Roland Garros, no fim do mês.

"Eu lamento ter que desistir da competição devido a uma distensão no meu Tendão de Aquiles. Eu agradeço pelo apoio constante dos fãs em Roma e espero poder retornar ao torneio o quanto antes", declarou Serena.

Na derrota para a bielo-russa Victoria Azarenka, na noite de quinta-feira, Serena chegou a receber atendimento médico em quadra por conta de dores no tendão. Ela voltou ao jogo, sem aparentar maiores dores, e acabou sendo derrotada por 2 sets a 1, pela semifinal do Grand Slam americano.

O Torneio de Roma costuma ser disputado em maio, mas foi adiado neste ano em razão da pandemia do novo coronavírus. A competição terá início na segunda-feira e terá a presença de medalhões como o espanhol Rafael Nadal, no masculino. No feminino, Azarenka e a americana Venus Williams estão confirmadas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.