Mike Segar/Reuters
Mike Segar/Reuters

Lesionada, Venus desiste de jogar em Brisbane e adia início da temporada

Norte-americana tem esperança de entrar em quadra no torneio de Adelaide, a partir do dia 13 de janeiro

Redação, Estadão Conteúdo

01 de janeiro de 2020 | 15h26

Ex-número 1 do mundo e dona de sete títulos dos eventos do Grand Slam, a norte-americana Venus Williams decidiu desistir da disputa do Torneio de Brisbane após sofrer um "revés" não detalhado durante os treinamentos preparatórios.

Os organizadores do torneio havia convidado Venus, hoje a 52ª colocada no ranking da WTA, para participar do evento em Brisbane, previsto para começar na próxima segunda-feira e com premiação de US$ 1,4 milhão (aproximadamente R$ 5,6 milhões).

Apesar da contusão, Venus, de 39 anos, ainda espera disputar o Torneio de Adelaide, a partir de 13 de janeiro, competição preparatória para o Aberto da Austrália e que agora deverá ser a sua primeira em 2020.

"Infelizmente não vou começar minha temporada em Brisbane devido a um revés inesperado durante os treinamentos", disse Venus, em comunicado divulgado nesta quarta-feira. "Estou ansioso para estar na Austrália no novo ano e vou ver todos em Adelaide", acrescentou a tenista norte-americana, que somou 19 vitórias em 34 derrotas na última temporada.

Ainda que sem Venus, a chave do Torneio de Brisbane terá diversas atrações, incluindo as três melhores tenistas do ranking da WTA: a australiana Ashleigh Barty, a checa Karolina Pliskova e a japonesa Naomi Osaka. A russa Maria Sharapova também irá participar da competição.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisVenus Williams

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.