Christophe Simon/AFP Photo
Christophe Simon/AFP Photo

Nadal atropela 'freguês' Gasquet e vai às oitavas de final em Roland Garros

Tenista espanhol supera francês por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/2 e 6/2

Estadão Conteúdo

02 Junho 2018 | 11h54

Maior vencedor da história em Roland Garros e número 1 do mundo na atualidade, Rafael Nadal é disparado o favorito a conquistar o Grand Slam francês nesta temporada. E neste sábado, ele mostrou mais uma vez o porquê. Sem qualquer dificuldade, despachou o francês Richard Gasquet por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/2 e 6/2, para chegar às oitavas de final em Paris.

+ Leia mais notícias sobre tênis

+ Melo vai às oitavas e Soares tem jogo interrompido nas duplas em Roland Garros

+ Zverev salva match point e avança em Roland Garros; Djokovic ganha após quase 4h

Não bastasse ser o maior tenista de todos os tempos no saibro, Nadal ainda tinha a seu favor o histórico diante de Gasquet. Afinal, havia vencido todos os 15 confrontos disputados entre eles anteriormente. E, neste sábado, não teve qualquer dificuldade para manter os 100% de aproveitamento.

Nadal não deu qualquer chance a Gasquet desde o início. No primeiro set, abriu 5 a 0 logo de cara, antes que o adversário devolvesse uma das quebras e minimizasse o prejuízo.

Nas duas parciais seguintes, porém, Gasquet não conseguiu mais ameaçar o saque de Nadal e sequer conseguiu break points. Para piorar, viu o espanhol crescer a cada game, ganhando confiança e se tornando mais incisivo. Foram mais quatro quebras para o líder do ranking até o triunfo ser confirmado.

Nas oitavas de final, Nadal vai ter pela frente o jovem alemão Maximilian Marterer, de apenas 22 anos. Número 70 do mundo, ele é uma das surpresas do torneio e se garantiu nesta fase ao derrotar o estoniano Jürgen Zopp por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 6/1 e 6/4.

Nadal também luta para permanecer na liderança do ranking da ATP como atual campeão de Roland Garros, torneio em que defende os 2.000 pontos somados pela campanha do ano passado - o suíço Roger Federer, ausente desta temporada de saibro, está apenas 100 pontos atrás na vice-liderança.

O espanhol também passou a contabilizar agora incríveis 82 vitórias em seu histórico em Roland Garros, onde só foi derrotado por duas vezes até hoje. Ele almeja igualar nesta edição da competição o feito da australiana Margaret Court, que ganhou 11 títulos de um mesmo Grand Slam ao triunfar por 11 vezes em Wimbledon.

OUTROS JOGOS

Nas outras partidas já encerradas do dia na chave masculina de Roland Garros, destaque para o cabeça de chave número 6, o sul-africano Kevin Anderson, que bateu o alemão Mischa Zverev por 3 sets a 1, com parciais de 6/1, 6/7 (3/7), 6/3 e 7/6 (7/3). Na próxima fase, Anderson vai encarar o argentino Diego Schwartman, 11.º cabeça de chave, que despachou em três sets o croata Borna Coric: 7/5, 6/3 e 6/3.

Cabeça de chave número 15, o francês Lucas Pouille foi surpreendido pelo russo Karen Khachanov e caiu por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 7/5 e 6/3. Já o 18.º favorito em Roland Garros, o italiano Fabio Fognini, passou pelo 16.º, o britânico Kyle Edmund, em uma batalha de cinco sets: 6/3, 4/6, 6/3, 6/4 e 6/4.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.