Divulgação/Aberto da Austrália
Divulgação/Aberto da Austrália

Tenistas obtêm R$ 14 mi em evento para ajudar no combate a incêndios na Austrália

Nomes como Federer, Nadal, Osaka e Serena se reúnem em quadra para dar apoio às vítimas

Redação, Estadão Conteúdo

15 de janeiro de 2020 | 12h00

Os fãs de tênis tiveram uma noite de quarta-feira muito especial na Rod Laver Arena, quadra central do Aberto da Austrália, em Melbourne. Muitos dos principais tenistas da atualidade se reuniram para um evento beneficente que arrecadou fundos para ajudar no combate aos incêndios que estão devastando a Austrália e também no auxílio a pessoas e animais afetados.

Com as presenças de Roger Federer, Rafael Nadal, Novak Djokovic, Serena Williams, Naomi Osaka, Petra Kvitova, Nick Kyrgios, Caroline Wozniacki, Coco Gauff, Dominic Thiem, Stefanos Tsitsipas e Alexander Zverev, o evento chamado "Rally for Relief" arrecadou 4.826.014 dólares australianos (quase R$ 14 milhões) para uma fundação específica do tênis que pretende ajudar na causa.

Os tenistas não foram os únicos destaques dentro de quadra, que também contou com a presença de Deb, uma voluntária que está passando o verão australiano ajudando a combater os incêndios e dando apoio às vítimas. Ela foi convidada a participar do evento e jogou um pouco ao lado do ídolo Nadal.

Ainda em quadra, o atual número 1 do mundo na ATP anunciou uma expressiva doação em conjunto com Federer no valor de 250 mil dólares australianos (cerca de R$ 715 mil). "Eu falei com o Roger (Federer) há algumas horas e nós decidimos doar 250 mil dólares australianos para a fundação 'Bushfire Releaf' juntos. Espero que isso inspire as pessoas a ajudarem. Há um desastre acontecendo e torço para que tudo seja recuperado", afirmou Nadal para delírio do público presente.  

Os incêndios nas florestas da Austrália têm comprometido a qualidade do ar no país. Houve recomendações para que os cidadãos permanecessem em casa, evitando o contato com a poluição. No entanto, na última terça-feira, a rodada de qualifying do Aberto da Austrália foi realizada, com jogadores passando mal e gerando inúmeras reclamações à organização do torneio. Nesta quarta, a chuva atrasou a programação do torneio, mas ajudou a melhorar a qualidade do ar em Melbourne.

Depois de muito tênis e diversão, o time comandando por Serena Williams levou a melhor sobre a equipe de Wozniacki, que se aposentará do circuito profissional logo após a disputa do Aberto da Austrália.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.