Tony O'Brien/Reuters
Tony O'Brien/Reuters

Thiem supera Federer em estreia no ATP Finals; Melo ganha na 1ª rodada das duplas

Em Londres, o austríaco obtém sua terceira vitória em três partidas contra o lendário suíço nesta temporada

Redação, Estadão Conteúdo

10 de novembro de 2019 | 21h02

Dominic Thiem obteve neste domingo a sua terceira vitória em três jogos contra Roger Federer na atual temporada. O austríaco derrotou o suíço por 2 sets a 0, com duplo 7/5, no confronto que fechou a primeira rodada do Grupo Bjorn Borg do ATP Finals, torneio que reúne em Londres os oito melhores tenistas do ano.

Quinto colocado do ranking mundial, Thiem já havia levado a melhor sobre o lendário adversário neste ano nos Masters 1000 de Indian Wells e de Madri. No total, ele chegou a cinco triunfos em sete duelos contra o terceiro colocado da classificação da ATP.

Derrotado com facilidade por Federer na edição passada do ATP Finals, também em jogo válido pela primeira fase, Thiem desta vez teve o domínio sobre o suíço na maior parte do jogo. Ele aproveitou três de suas cinco chances para quebrar o saque do adversário, que converteu apenas um de quatro break points e, assim acabou, sendo batido em sets diretos, em 1h40 de confronto.

Dessa forma, Thiem largou na frente no grupo, junto com o sérvio Novak Djokovic, atual vice-líder do ranking, que horas mais cedo estreara com uma arrasadora vitória por 6/2 e 6/1 sobre o italiano Matteo Berrettini.

Nesta segunda-feira, serão realizadas as primeiras partidas do Grupo Andre Agassi do ATP Finals. No primeiro jogo do dia, marcado para começar às 11 horas (de Brasília), o russo Daniil Medvedev vai encarar o grego Stefanos Tsitsipas. Mais tarde, às 17h, o espanhol Rafael Nadal, que defende a sua permanência na liderança do ranking mundial na competição, estreará contra o alemão Alexander Zverev, atual campeão do torneio.

DUPLAS - Neste domingo (no horário local), Marcelo Melo estreou com vitória no torneio de duplas do ATP Finals. Único representante do Brasil no evento, Melo superou com seu parceiro, o polonês Lukasz Kubot, o croata Ivan Dodig e o eslovaco Filip Polasek por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 4/6, 6/4 e 10/5 no super tie-break.

Esse duelo fechou a primeira rodada do Grupo Jonas Bjorkman, que horas mais cedo foi aberto com o sul-africano Raven Klaasen e o neozelandês Michael Venus derrotando o norte-americano Rajeev Ram e o inglês Joe Salisbury por 6/3 e 6/4.

Nesta segunda-feira, serão disputados os primeiros jogos do Grupo Max Mirnyi. Primeiro, a parceria alemã formada por Kevin Krawietz e Andreas Mies vai encarar o holandês Jean-Julien Rojer e o romeno Horia Tecau. Em seguida, os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah terão pela frente os franceses Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.