Fabian Bimmer/Reuters
Fabian Bimmer/Reuters

Alemão Abt vence etapa de Berlim da Fórmula E e Di Grassi termina em segundo

Após início de campeonato ruim, piloto brasileiro comemora vice-liderança pela quarta prova consecutiva

Estadão Conteúdo

19 de maio de 2018 | 16h42

Aproveitando o fato de estar em "em casa", o alemão Daniel Abt venceu a etapa de Berlim da Fórmula E neste sábado e viu o seu companheiro de equipe, o brasileiro Lucas Di Grassi, terminar logo atrás, na segunda posição. Abt foi pole position e manteve a ponta até o final da corrida.

+ Leia mais notícias sobre velocidade

+ Zarco crava pole em casa e sairá na frente na etapa da França da MotoGP 

+ Stock Car define Goiânia como local da Corrida do Milhão em agosto

"Incrível, não tenho palavras para descrever esse momento", disse o piloto alemão da equipe Audi ABT, que conquistou sua segunda vitória na temporada 2017/2018. Antes, havia triunfado na etapa da Cidade do México.

Di Grassi também comemorou o resultado em Berlim. Após um início ruim de campeonato, ele ficou em segundo lugar pela quarta corrida consecutiva. "Estou muito contente pelo segundo lugar e pela dobradinha da equipe", celebrou o brasileiro.

O terceiro lugar ficou com o francês Jean-Éric Vergne, que, com o resultado, ampliou sua diferença de pontos na liderança geral do campeonato. Agora, o francês tem 162 pontos, 40 a mais que o segundo colocado, o britânico Sam Bird, que terminou a corrida na sétima posição. Antes da prova a diferença entre os dois era de 31 pontos.

O suíço Sebastien Buemi foi o quarto colocado. Depois de estar entre os três primeiros por algumas voltas, Buemi chegou a ultrapassar Vergne na briga pela terceira posição, mas levou o troco, sendo ultrapassado nas últimas curvas.

O vencedor da corrida deste sábado, Abt, aparece na quarta posição na classificação geral, com 85 pontos, um a menos que o terceiro colocado, Felix Rosenqvist, e três a mais que Buemi, que ocupa o quinto lugar. Di Grassi é o sexto, com 76 pontos.

O brasileiro Nelsinho Piquet não pontuou novamente. O piloto, que largou em 15º, até tentou entrar na zona de pontos na última volta em Berlim, mas acabou passando direto em uma curva e chegou na 12ª colocação. No geral, ele aparece na oitava posição.

A próxima prova será em 10 de junho em Zurique, na Suíça. As últimas duas corridas, em julho, serão em Nova York, nos Estados Unidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.