Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Após se distanciar do Z-4, Jair Ventura diz que Corinthians não abrirá mão do Brasileirão

Técnico comemora resultado que afasta a equipe da briga contra o rebaixamento

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

18 de novembro de 2018 | 05h00

O Corinthians respirou aliviado após derrotar o Vasco por 1 a 0, na Arena Corinthians. Com o resultado a equipe alvinegra chegou aos 43 pontos e se distanciou da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Ao final da partida, o técnico Jair Ventura garantiu que, apesar da situação favorável, o time não irá se acomodar nas últimas rodadas. 

"Já aproveito para falar que a gente não vai abrir mão do campeonato. Vamos com seriedade nos próximos jogos. Somos profissionais e temos que levar todos os jogos como se fossem finais. Precisamos levar a sério até 2 de dezembro, disse o comandante corintiano. 

Jair admitiu que a equipe não teve uma grande atuação, mas o objetivo principal era vencer o Vasco. "Quando acabou o jogo do São Paulo, eram só elogios, como é que pode com um a menos fazer aquele jogo fantástico. E hoje (sábado) a gente já não faz um jogo tão bom, e vêm as críticas, é normal", minimizou. 

Após o gol marcado por Mateus Vital, o Vasco pressionou bastante e quase chegou ao empate. Para o treinador, a culpa da pressão não é dos jogadores corintianos. "Acho que foi mais mérito do Vasco e não demérito do Corinthians. Em nenhum momento foi pedido para recuar. Mesmo assim, nós tivemos algumas chances para ter matado o jogo, ponderou. 

Apesar do alívio, Jair sabe que o Corinthians ainda não está 100% salvo do rebaixamento e acredita que pelo respeito com o clube e com sua história, os jogadores precisam buscar somar o máximo de pontos para ter um fim de ano sem sustos.

"A gente tem que respeitar essa camisa e a nossa torcida. Sabemos que temos que melhorar em vários quesitos. Temos a chance, ainda dentro do campeonato, de encarar com total profissionalismo e buscar a maior pontuação possível. Matematicamente, (o Corinthians) ainda não se salvou, mas sigo o meu discurso de continuar olhando para cima, pois automaticamente você vai se distanciando de baixo", explicou.

O elenco corintiano folga neste domingo e volta aos treinamentos na segunda-feira. O Corinthians volta a campo para encarar o Atlético-PR, nesta quarta-feira, em Curitiba. 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.