Rodrigo Gazzannel/Ag.Corinthians
Rodrigo Gazzannel/Ag.Corinthians

Corinthians encara a surpresa Santo André com a missão de afastar a crise

Torcida convoca protesto no CT do clube para horas antes da partida contra o líder na classificação geral do Paulistão

Leandro Silveira, O Estado de S.Paulo

26 de fevereiro de 2020 | 04h30

O Corinthians vai assumir a liderança do Grupo D do Campeonato Paulista se derrotar o Santo André nesta quarta-feira, às 21h30, em Itaquera, mas isso é o menos importante no momento. O clima no clube está tenso por causa dos maus resultados recentes e a equipe precisa muito de uma vitória para acalmar os ânimos, além de dar um pouco de tranquilidade para o técnico Tiago Nunes trabalhar.

Não bastasse a eliminação logo de cara na Copa Libertadores, diante do Guaraní-PAR, o Corinthians faz uma campanha fraca no torneio estadual. Em sete partidas, venceu apenas duas, e não ganha há três rodadas. Por isso, a pressão sobre o treinador cresce e a torcida organizada Gaviões da Fiel marcou um protesto para a tarde desta quarta-feira, no CT Joaquim Grava.

No último sábado, o time fez a crise ficar um pouco mais grave ao perder de virada para o Água Santa, em Diadema. É verdade que há nas redes sociais um movimento de torcedores em defesa de Tiago Nunes, mas certamente o clima vai ficar ainda pior caso não seja obtido um triunfo sobre o Santo André, dono da melhor campanha do Paulista (seis vitórias e uma derrota).

"Infelizmente, estamos precisando dos resultados. Posse de bola, finalização, tudo isso tem sido proveitoso, mas o resultado não vindo, acaba sendo pior para nós. A torcida tem direito de cobrar vitória, cobrar resultado positivo. Temos de acatar e ir para o jogo", disse o goleiro Walter.

Reserva de Cássio há várias temporadas, Walter vai jogar nesta quarta-feira porque o titular levou o terceiro cartão amarelo contra o Água Santa. Outro desfalque da equipe de Tiago Nunes é o volante Camacho, expulso no sábado. Gabriel deverá ser seu substituto. O treinador corintiano pensa em fazer uma mudança no ataque, com a saída de Love e a entrada do jovem Pedrinho.

A situação do Corinthians só não é pior porque os demais integrantes do Grupo D do Paulista também estão mal na competição. Mesmo tendo vencido só duas vezes, o time alvinegro é o vice-líder da chave, apenas um ponto atrás do Guarani e empatado com o Bragantino, mas com melhor saldo de gols. Assim, as chances de classificação para as quartas de final continuam grandes, apesar do mau momento.

O Santo André, com respeito, mas sem temer os donos da casa, tentará sua terceira vitória seguida diante do rival da capital. Nos últimos dois encontros entre os clubes pelo Paulistão, o Santo André ganhou, na Arena Corinthians, por 2 a 0, em 2017, e 2 a 1, em 2018, no estádio Bruno José Daniel. O último triunfo do Corinthians aconteceu em 17 de abril de 2011, quando bateu o rival por 2 a 0, no ABC paulista.

"Sabemos que a fase do Corinthians não é boa (três jogos sem vitória no atual Paulistão). Se tratando de Corinthians, você tem de sempre respeitar, mas não temer. Vamos entrar como sempre temos feito nos jogos. Vamos em busca do resultado lutando do começo ao fim", prometeu o lateral-esquerdo Marlon. Ele está confirmado, assim como todos os outros dez titulares que venceram o Bragantino (1 a 0) na rodada passada. Paulo Roberto não terá desfalques e manterá o time para o duelo desta quarta. "Nosso time está bem encaixado e está bem em termos de pontuação. Mas enfrentar o Corinthians sempre é uma incógnita, ainda mais com eles pressionados pelos maus resultados. Nós temos de focar no nosso time, manter a pegada e a eficiência no ataque"  explicou o técnico.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS X SANTO ANDRÉ

CORINTHIANS - Walter; Fagner, Pedro Henrique, Gil e Lucas Piton; Gabriel, Cantillo e Luan; Yony González, Boselli e Vagner Love (Pedrinho). Técnico: Tiago Nunes.

SANTO ANDRÉ - Fernando Henrique; Ricardo Luz, Luizão, Rodrigo e Marlon; Dudu Vieira, Nando Carandina e Vitinho Mesquita; Branquinho, Ronaldo e Douglas Baggio. Técnico: Paulo Roberto Santos.

ÁRBITRO - Salim Fendez Chaves.

HORÁRIO - 21h30.

LOCAL - Arena Corinthians, em São Paulo (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.