Fábio Leoni/PontePress
Fábio Leoni/PontePress

Goiás e Náutico abrem vantagem e Ponte Preta tropeça na Copa do Brasil

Equipe de Campinas apenas empata com o Sampaio Corrêa no jogo de ida pela terceira fase, dentro de casa

Redação, Estadão Conteúdo

28 de fevereiro de 2018 | 21h58

Goiás, Náutico e Bragantino saíram na frente, nesta quarta-feira à noite, na abertura da terceira fase da Copa do Brasil. Eles aproveitaram bem a condição de mandantes para ganhar e levar vantagem nos jogos de volta, marcados para o dia 14 de março. Já a Ponte Preta vacilou ao empatar sem gols com o Sampaio Corrêa, mesmo atuando em Campinas.

+ Empurrado por novidades, São Paulo derrota o CRB na Copa do Brasil

No estádio Serra Dourada, como esperado, houve um jogo equilibrado. O Goiás marcou com Jefferson, no começo do segundo tempo e fez 1 a 0 no Coritiba. Agora fica com a vantagem de empatar na volta. Se perder por um gol de diferença, a definição vai para os pênaltis. O time do Paraná precisa vencer por dois gols de diferença.

Na Arena Pernambuco, o Náutico derrotou o Cuiabá por 2 a 1. Depois de um primeiro tempo truncado, os gols saíram na etapa final. O time mandante saiu na frente com Ortigoza, aos 12 minutos, mas a reação mato-grossense foi rápida, com Doda, aos 23 minutos. A vitória saiu com um gol de Tharcysio, aos 32 minutos. O time pernambucano jogará pelo empate na Arena Pantanal, na capital do Mato Grosso. O Cuiabá joga por vitória com dois gols de diferença.

Depois de quebrar um jejum de seis jogos no Campeonato Paulista, com a vitória sobre o Novorizontino, por 2 a 1, o Bragantino passou pelo Vitória, por 1 a 0, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. O gol foi marcado pelo atacante Matheus Peixoto, de cabeça, aos 38 minutos. Para garantir sua vaga na quarta fase, o time paulista também vai ter que segurar o empate no Barradão, em Salvador (BA).

A Ponte Preta, por sua vez, foi incapaz de superar o bom esquema defensivo armado pelo Sampaio Corrêa no empate por 0 a 0. Pior pra o time paulista que agora precisa vencer, por qualquer placar, no Estádio Castelão, em São Luis (MA). Se ocorrer um empate, também por qualquer contagem, a definição da vaga vai acontecer nos pênaltis.

REGULAMENTO

A partir de agora a competição passará por algumas alterações. Além de ser decidido em dois jogos, o empate no saldo de gols leva a decisão para as cobranças de pênalti. Diferente das edições passadas, não há mais o gol fora de casa como critério de desempate. Os dez clubes classificados avançam para a quarta fase, mas desta vez os confrontos serão decididos por um novo sorteio na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.