Mailson Santana/Fluminense FC
Mailson Santana/Fluminense FC

Henrique vê duelo com o Coritiba como 'final' para o Fluminense

Tricolor carioca encara paranaenses nesta quinta-feira, no Maracanã, pelo Brasileirão

Estadão Conteúdo

08 Novembro 2017 | 16h14

O Fluminense vive situação inusitada no Campeonato Brasileiro, no qual ocupa a 13.ª colocação. Se está a cinco pontos da zona de classificação para a Libertadores e ainda sonha com uma vaga, também está a sete da zona de rebaixamento e precisa tomar cuidado. Nesta quinta-feira, encara o 15.º lugar Coritiba no Maracanã, em confronto visto como uma "final" para afastar de vez a chance de queda.

+ Sornoza celebra vitória em clássico e garante: 'Momento do Flu é muito bom'

"É um confronto direto de uma situação que muda da água para o vinho para nós. O pensamento é de mais uma final, de mais uma batalha que vamos enfrentar diante de uma equipe difícil como o Coritiba. Mas jogando em casa, com o apoio da nossa torcida e com o futebol que a gente vem jogando, com a vontade que a gente vem colocando dentro de campo, temos tudo para fazer um grande jogo e sair com a vitória", declarou o zagueiro Henrique nesta quarta-feira.

O Fluminense vem embalado pela vitória de virada no clássico diante do Botafogo, no último sábado, mas enfrentará um Coritiba também em alta, após golear o Avaí no mesmo dia. Por isso, Henrique admitiu que espera um confronto bastante complicado, mesmo atuando em casa nesta quinta.

"Todo jogo é difícil, complicado, não tem jogo fácil no Campeonato Brasileiro. Vamos pensar jogo a jogo, dar o nosso melhor, pensando lá em cima, mas sabemos que tem equipes de muita força como o Coritiba, com jogadores que podem fazer a diferença. Estamos prontos, fazendo nossa parte. Somos uma equipe jovem, que vem amadurecendo muito rápido e contamos com a nossa torcida, que faz toda a diferença. É o fator principal dentro de casa", considerou.

Diante do Coritiba, o Fluminense ficará novamente sem o zagueiro Gum. Atravessando uma série de problemas físicos nesta temporada, o jogador foi diagnosticado com um estiramento na coxa esquerda. Ele se junta a Robinho e Richard como desfalques para esta partida e não tem previsão de volta.

Com isso, a tendência é que o Fluminense tenha na quinta: Diego Cavalieri; Lucas, Henrique, Renato Chaves (Reginaldo) e Marlon; Douglas, Wendel (Marlon Freitas), Sornoza, Gustavo Scarpa e Marcos Júnior; Henrique Dourado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.