Bruno Haddad / Cruzeiro
Bruno Haddad / Cruzeiro

Jadsom revela mentalidade do Cruzeiro: 'Nosso campeonato começou há muito tempo'

Por conta de punição da Fifa, time precisou vencer dois jogos para chegar a zero pontos na série B

Redação, Estadão Conteúdo

15 de agosto de 2020 | 18h53

Com a expectativa de pontuar "para valer" pela primeira vez na Série B, o Cruzeiro realizou neste sábado o último treino de preparação antes de viajar para Florianópolis. A equipe enfrenta o Figueirense neste domingo, às 16 horas, pela terceira rodada da competição.

Entrevistado após a atividade, o volante Jadsom destacou a ótima arrancada do time mineiro, que ganhou os dois primeiros jogos, mas lembrou que isso ainda é insuficiente. Os resultados serviram para zerar o débito de seis pontos na tabela devido a uma punição imposta pela Fifa, mas o Cruzeiro ainda aparece na zona de rebaixamento.

"Nossa preparação vem desde quarta-feira. O jogo contra o Guarani foi muito difícil, a gente se empenhou bastante e saiu com a vitória, mas isso ainda é pouco. Queremos muito mais e estamos trabalhando e nos empenhando ao máximo para buscar mais três pontos, que são fundamentais", declarou o jogador.

O Cruzeiro vem de triunfos por 2 a 1 sobre o Botafogo-SP, no Mineirão, e por 3 a 2 em cima do Guarani, em Campinas. Com mais três pontos neste domingo, a equipe do técnico Enderson Moreira deixará a zona da degola e poderá enfim começar a sonhar com o real objetivo na temporada: o retorno à primeira divisão.

"Que a gente possa levar nosso Cruzeiro para a Série A. Vestir esta camisa não é fácil. Independente se estávamos com menos seis pontos, o nosso campeonato já começou há muito tempo", acrescentou Jadsom.

Segundo o volante, a filosofia imposta por Enderson Moreira passa pela consolidação de um "novo Cruzeiro" marcado pela imposição tática, técnica e psicológica sobre os adversários.

"A gente vem se preparando bem no dia a dia, e o treinador vem nos cobrando de sempre de nos impor. É esse o novo Cruzeiro, a gente vai sempre estar nos impondo, sempre buscando a vitória, e estamos nos empenhando ao máximo para isso durante os treinamentos", concluiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.