Gilvan de Souza/Flamengo
Gilvan de Souza/Flamengo

Juan, Pará e Geuvânio treinam no Flamengo e podem voltar contra o Palmeiras

Recuperados, jogadores trabalharam normalmente no treino no Ninho do Urubu e podem ficar à disposição para o jogo de quarta

Estadão Conteúdo

11 Junho 2018 | 19h30

Não bastasse a ótima fase vivida em campo e a liderança no Campeonato Brasileiro, o Flamengo teve pelo menos três boas notícias para comemorar nesta segunda-feira. Recuperados de lesões, o zagueiro Juan, o lateral Pará e o atacante Geuvânio trabalharam normalmente no treino no Ninho do Urubu e mostraram que estão prontos para voltar à equipe.

+ 'Vamos aproveitar a parada da Copa para voltar ainda melhor', diz técnico do Fla

+ No Maracanã, Flamengo vence o Paraná e garante a liderança até o final da Copa

+ Vinicius Junior chora e fala em tom de despedida depois de vitória do Flamengo

Na reapresentação do elenco, os jogadores que foram titulares no triunfo por 2 a 0 sobre o Paraná, domingo, fizeram um trabalho regenerativo. O restante foi a campo e participou de uma atividade com bola, incluindo Pará, Juan e Geuvânio, que podem voltar a jogar diante do Palmeiras, nesta quarta-feira, no Allianz Parque.

Juan está afastado há quase um mês, após sofrer uma lesão muscular na coxa direita. Pará também não atua há um mês, por causa de um problema no joelho, enquanto Geuvânio está fora de ação há 20 dias, depois de torcer o tornozelo.

Além do trio, o técnico Maurício Barbieri poderá contar na quarta com o meia Lucas Paquetá, que cumpriu suspensão contra o Paraná. Por outro lado, o zagueiro Réver segue afastado graças a uma lesão na clavícula.

O Flamengo é o líder disparado do Brasileirão, com 26 pontos, seis a mais que o segundo colocado Atlético-MG, e vem de cinco vitórias consecutivas. Na quarta, encara o Palmeiras, que tem 18 pontos, em sexto, e vem de empate com o Ceará em Fortaleza.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.