Divulgação/Palmeiras
Divulgação/Palmeiras

Palmeiras espera contar com Dracena e Gómez para estreia de Felipão

Clube tem absolvição de um defensor e espera pela regularização de outro para poder escalá-los no domingo

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

03 Agosto 2018 | 11h00

O Palmeiras ganhou na quinta-feira duas possíveis possibilidades na zaga para escalar o time no domingo, na estreia do técnico Luiz Felipe Scolari no cargo. Na mesma noite do empate em 0 a 0 com o Bahia, em Salvador, pela Copa do Brasil, a equipe teve a confirmação de que Edu Dracena foi absolvido no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e oficializou a contratação do paraguaio Gustavo Gómez. 

+ Auxiliar diz que Felipão está motivado por retorno ao clube

+ Felipe Melo defende Deyverson no Palmeiras após expulsão

Dracena havia sido denunciado por atitude contrária à ética desportiva pela entrevista dada após a vitória por 3 a 2 sobre o Atlético-MG, no dia 22 de julho, pelo Campeonato Brasileiro. O defensor correu o risco de ser punido por ter chamado o atacante Ricardo Oliveira de "otário". O tribunal, no entanto, o absolveu e, assim, ele está liberado para jogar na próxima partida.

Nesta quinta o clube confirmou a contratação por empréstimo de um ano do paraguaio Gómez, que veio do Milan. "Estou muito contente por chegar a este clube tão grande. A verdade é que a estrutura do centro de treinamento está muito boa, e isso é muito importante para o jogador. Eu estou muito feliz por estar aqui", disse ao site oficial do clube.

Com contrato assinado, o defensor espera ter o nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF para poder entrar em campo no domingo. A documentação do atleta deve estar regularizada nesta sexta. O próximo compromisso será fora de casa, contra o América-MG, em Belo Horizonte, e vai marcar a estreia do técnico Luiz Felipe Scolari no cargo. O comandante se apresenta ao clube nesta sexta-feira.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.