Heineken/Divulgação
Heineken/Divulgação

Patrocinadora da Liga dos Campeões vai transmitir jogos ao vivo pelo Facebook

Heineken TV terá participação do ex-palmeirense Zé Roberto e vai oferecer conteúdo a partir do dia 13

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

12 de abril de 2019 | 14h53

Patrocinadora oficial da Liga dos Campeões, a marca de cerveja Heineken criou uma plataforma digital para os fãs assistirem os jogos do maior campeonato de clubes da Europa. As transmissões começam nos jogos de volta das quartas da final, no dia 16 de abril, com a partida entre Juventus x Ajax

As transmissões não tem custos e podem ser acompanhadas de qualquer lugar do País. O canal digital, chamado Heineken TV, foi criado em parceria com o Esporte Interativo e Facebook e idealizado pela agência Publicis.

A iniciativa representa uma alternativa para os torcedores, pois os jogos não estão disponíveis na tevê aberta em 2019. "Nós transformamos um desafio em uma grande oportunidade. Este é um momento importante, pois completamos 14 anos de parceria com a Uefa Champions League, mas que, pela primeira vez, não está em TV aberta. Para ajudar os consumidores, criamos um Hub de conteúdo real-time que os ajudará a não perder nenhum lance da Liga dos Campeões", comenta a diretora de marcar premium Vanessa Brandão.

A empresa desenvolveu um bot dentro do Facebook Messenger - um robô que usa inteligência artificial -, que estará disponível antes, durante e após as partidas. Ele contará com a participação do comentarista esportivo Mauro Beting e do ex-jogador Zé Roberto. Beting também terá uma versão robô, o Mauro Bot. Paralelamente às transmissões, o conteúdo com todas as informações sobre o torneio estará disponível a partir desta sexta-feira, dia 13 de abril.

A plataforma digital é uma das ações mais importantes da empresa em 2019 e recebeu 25% dos investimentos do seu orçamento anual. “Estamos vivendo uma mudança cultural ao assistir jogos de futebol pelos canais virtuais. Estamos oferecendo um grande controle remoto para os torcedores”, compara Vanessa Brandão.

No ano passado, a campanha da patrocinadora comparou a emoção gerada pelos lances do torneio ao drama do cinema. Nesse contexto, uma orquestra sonorizou a final do torneio pela primeira vez no Brasil e foi “regida” pelo ex-jogador Ronaldinho Gaúcho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.