Ivan Storti/ Santos FC
Ivan Storti/ Santos FC

Pirani lamenta novo tropeço na Vila Belmiro e diz que o Santos 'recuou demais'

Equipe alvinegra estava à frente no placar, mas sofreu empate nos minutos finais

Redação, Estadão Conteúdo

22 de agosto de 2021 | 21h13

O Santos começou a 17.ª rodada do Brasileirão em 10.º lugar e chegou a ficar em sexto enquanto vencia o Internacional por 2 a 1 neste domingo. Com um gol sofrido aos 42 minutos do segundo tempo, viu o placar fechar com um empate por 2 a 2 e caiu para 11.º, com 22 pontos, o que explica o desânimo de Gabriel Pirani ao conceder entrevista no gramado após o fim da partida na Vila Belmiro, onde o time santista não tem se saído muito bem.

Apesar de ter vencido jogos em seu estádio nas disputas da Libertadores e da Copa do Brasil, o Santos está há três jogos sem vencer como mandante no Brasileirão, com uma derrota para o Atlético Goianiense e empates diante de Corinthians e Internacional. "Temos perdido muitos pontos em casa, mas cada partida é um aprendizado", lamentou Pirani, autor do primeiro gol santista na partida.

Ao tentar explicar o empate cedido nos minutos finais, com o gol marcado pelo ex-santista Yuri Alberto, o meio-campista, cria das categorias de base do Santos assim como o carrasco desta noite, disse acreditar que o time mudou radicalmente de postura durante o segundo tempo. "Fizemos um grande primeiro tempo, mas recuamos demais no segundo. Causou isso", avaliou o jovem de 19 anos.

Antes de voltar a se preocupar com a situação no Brasileirão, o Santos tem um compromisso na próxima quarta-feira, contra o Athletico-PR, na Arena da Baixada, em Curitiba. O jogo é válido pela rodada de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Depois disso, a equipe comandada por Fernando Diniz volta a campo no próximo sábado, quando recebe o Flamengo na Vila Belmiro, em nova oportunidade para voltar a vencer em casa no Brasileirão.

Além disso, durante a semana de jogos complicados, existe a expectativa de que o clube anuncie Diego Tardelli como novo reforço. A diretoria já anunciou a contratação do atacante Léo Baptistão, que atuou pelo Wuhan FC, da China, na temporada passada, mas ainda está no mercado em busca de reforçar o elenco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.