Vassil Donev/EFE
Vassil Donev/EFE

Southgate 'perdoa' repórteres por vazarem titulares da Inglaterra contra o Panamá

Técnico afirma que escalação divulgada pelos jornalistas não é a que vai enfrentar os panamenhos

Estadão Conteúdo

23 Junho 2018 | 15h54

O técnico Gareth Southgate isentou os jornalistas ingleses que divulgaram qual vai ser a escalação da Inglaterra contra o Panamá, em partida que vai ser realizada a partir das 9 horas (de Brasília) deste domingo, em Nijni Novgorod. De acordo com o treinador, não só a informação divulgada estava errada como não veria problema se o time correto tivesse vazado pela imprensa.

+ Dele Alli volta a treinar, mas deve ser desfalque da Inglaterra contra o Panamá

+ Provável novo titular, Rashford prevê duelo físico contra o Panamá

"Não há drama. Aquela imagem não era a da escalação, então tem menos drama ainda. Era uma lista de atividades que cada um ia cumprir. Estou totalmente relaxado", afirmou o treinador inglês em coletiva de imprensa concedida neste sábado, em Nijni Novgorod. O tabloide The Sun divulgou uma imagem ampliada que mostrava anotações do auxiliar técnico Steve Holland, que poderiam indicar as trocas de Dele Alli e Raheem Sterling por Ruben Loftus-Cheek e Marcus Rashford.

Para Southgate, os xingamentos endereçados aos jornalistas na internet foram exagerados. "Eu entendo que alguns deles foram hostilizados nas redes sociais. Lamento por isso, não desejo a ninguém. O time da estreia saiu na imprensa três dias antes e eu não reclamei porque é uma coisa que não dá para controlar", disse o técnico, em referência à equipe escalada na vitória por 2 a 1 sobre a Tunísia, na última segunda-feira, em Volgogrado.

Antes da partida contra o Panamá, o treinador prega que o elenco esteja atento ao esquema de jogo. "O importante é que os jogadores conheçam o nosso sistema, saibam onde as brechas dos rivais estão, para nós explorarmos, e onde eles podem nos ameaçar. Nós focamos em questões individuais em um nível menor e se percebermos que isso vai ajudar nossa equipe contra um rival", disse Southgate, que prefere não moldar muito a seleção dele em função dos adversários.

 

"Olhamos para a forma de os oponentes jogarem, os princípios deles, a abordagem que eles têm no geral. Podemos pinçar uma ou duas qualidades deles, mas tendemos a não focar muito nas individualidades, não importa contra quem joguemos. Foi assim nos amistosos contra Alemanha e Brasil", afirmou o treinador, com menção aos empates por 0 a 0 da Inglaterra com as duas seleções, em partidas disputadas em novembro de 2017.

Com três pontos ganhos no Grupo G da Copa do Mundo, a Inglaterra vai ter ainda uma partida a fazer depois do jogo contra o Panamá. A seleção inglesa vai enfrentar a Bélgica às 15 horas (de Brasília) da próxima quinta-feira, em Kaliningrado.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.